Polícia Federal cumpre diversos mandados em clínicas e residências de Feira de Santana

77448-3A Polícia Federal (PF) está realizando uma operação em Feira de Santana na manhã desta sexta-feira (17) para desarticular uma quadrilha que está fraudando a Receita Federal (RF) usando recibos médicos.

Com o apoio de 12 servidores da Receita, 18 policiais cumprem quatro mandados de busca e apreensão em um escritório de contabilidade, em clínicas médicas odontológicas e em residências de profissionais de saúde. Estima-se que as deduções indevidas nas declarações transmitidas correspondem a um valor de R$ 1,5 milhão.

Segundo a Polícia Federal, as buscas visam colher provas que possibilitem o esclarecimento dos delitos investigados, especialmente quanto à delimitação da autoria.

A fraude consistia na inclusão de despesas de saúde falsas, desde 2012, por contribuintes que haviam contratado os serviços de um mesmo escritório de contabilidade. Segundo aponta a investigação, as consultas médicas e os tratamentos odontológicos declarados não existiam.

Na tentativa de burlar a fiscalização, os contribuintes intimados pela Receita Federal apresentavam recibos que teriam sido providenciados pelo próprio contador de forma articulada com os profissionais de saúde. Desse modo, os contribuintes obtinham redução do imposto a pagar ou aumento da restituição. (Com informações do Acorda Cidade)