Polícia prende estelionatário baiano com mais de 80 processos pelo Brasil

z7A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da tarde de ontem (09) um dos estelionatários mais procurados do país. A ficha criminal de Dario Disnar da Silva Junior só não é maior que o número de resultados em sites de buscas na internet que ligam seu nome a fraudes e golpes milionários por todo o Brasil. Preso durante uma blitz da PRF, em Milagres, na Bahia, Dario Disnar coleciona mais de 80 processos em vários estados. Só na Bahia, são 38 processos por fraude. Na Polícia Federal, são 18 processos.

Dário foi preso enquanto viajava com sua esposa em um Camaro de Salvador para Jequié, onde mora, por volta das 18h. Durante a abordagem policial, agentes da PRF desconfiaram dos documentos apresentados pelo estelionatário. Para burlar as buscas por seu nome, Dario criou uma nova identidade com pequenas alterações nos documentos. Ora se apresentava como Dario Disnard, ora como Dario Isnar.

z8Uma busca ao site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia revelou que o homem com nomes diferentes em cada documentação era um dos maiores estelionatários do país. Segundo a PRF, confrontado com a ficha criminal, ele acabou confessando.

Dario foi preso e levado para a delegacia de Itaberaba. Ele foi autuado em flagrante  e deve responder por estelionato, uso de documentos falsos e falsidade ideológica. A mulher de Dario foi liberada.

Uma das últimas prisões de Dário foi em Pernambuco, em 2008, suspeito de ter faturado mais de R$1 milhão aplicando golpes em agricultores. Através do canal por assinatura Canal do Boi, ele anunciava a venda de máquinas agrícolas, tratores e caminhões e nunca entregava o produto aos compradores.

Ele foi preso em um apartamento de luxo na praia de Boa Viagem avaliado em R$ 600 mil. A polícia também apreendeu uma Mercedes e uma caminhonete Nissan, que, juntas, custam cerca de R$ 350 mil. Dário responde a inquéritos em São Paulo, Brasília, Minas Gerais, Bahia e Acre. (Com informações do Correio 24 Horas)