Pré-candidatos ao governo baiano têm final de semana em clima de campanha

650x375_rui-costa-lidice-e-souto_1413821Pré-candidatos ao governo da Bahia intensificam esta etapa das campanhas em Salvador e interior do estado, com o objetivo de consolidar conversas com partidos e sociedade civil antes do início do prazo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para realização das convenções partidárias, que vão acontecer de 14 a 21 de junho.

O pré-candidato da oposição, Paulo Souto (DEM), o pré-candidato a vice Joaci Góes (PSDB) e ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB), circulam de norte a sul do estado.

Nesta sexta, estiveram no subúrbio ferroviário e seguiram para Itapetinga. De lá, seguem por Juazeiro, Itabuna, Eunápolis, Jequié, Paulo Afonso, Feira de Santana e Miguel Calmon.

O pré-candidato do governo, Rui Costa (PT), estará nas macrorregiões. Neste sábado, 17, reúne-se em Bom Jesus da Lapa com representantes dos territórios Bacia do Rio Grande, Velho Chico e Bacia do Rio Corrente. No domingo, 18, o encontro será com os territórios Piemonte do Paraguaçu e Chapada Diamantina. Ainda no domingo, Rui vai conferir a 44ª Exposição de Itapetinga.

Organização

A senadora Lídice da Mata, pré-candidata do PSB, permanecerá em Salvador no fim de semana. Atende a lideranças neste sábado e participa no domingo das festividades em comemoração ao Dia Nacional das Trabalhadoras Domesticas, transcorrido em 27 de abril, quando falará sobre a tramitação da regulamentação da PEC das Domésticas.

Segundo o presidente do DEM, José Carlos Aleluia, a estratégia do partido nesse período é se dividir entre a organização da campanha – que compreende a seleção de equipes, estruturação de cargos e definição de programa de governo e coordenação política – e as conversas com partidos e correligionários. “Estabelecemos, reestabelecemos e criamos novas alianças”, assinalou Aleluia.

Alianças

O presidente do PT, Everaldo Anunciação, diz que o pré-candidato petista, Rui Costa, consolida o Programa de Governo Participativo, com propostas levantadas nos 27 territórios do estado, mas avança no diálogo com os partidos para definição da política de alianças. “A coligação para as eleições proporcionais já está em discussão”, afirma Ev eraldo Anunciação.

Sem a definição completa da chapa, que tem como pré-candidata ao Senado ex-ministra Eliana Calmon (PSB) mas sem indicação de vice, Lídice da Mata fica no final de semana em Salvador, mas mantém agenda no interior do estado.

Dia 20, ela volta a acompanhar as visitas do candidato a presidente pelo PSB, Eduardo Campos (PSB) que vem à Bahia, desta vez a Paulo Afonso e Eunápolis. (A Tarde)