Professores do estado preparam ato contra governo no 2 de Julho

    vanessa_matos_bocaonews_rv (2)Professores da Rede Estadual de Ensino preparam um grande ato contra o Governo do Estado durante o desfile do 2 de Julho na próxima terça-feira. Entretanto, desta vez o protesto não terá a participação da APLB, o sindicato a categoria. Insatisfeito com a representação, o coletivo de trabalhadores irá às ruas deixar claro que o sindicato não esta defendendo os interesses dos professores.

    De acordo com a professora Vanessa Matos, o aumento decidido entre o Governo e a APLB este ano de 5,84% foi decidido unicamente em acordo estreito entre a gestão e os líderes sindicais. A educadora alega que não houve aceitação da proposta na assembleia à época do processo. “Atualmente, a APLB age como braço direito do governo. A APLB não representa mais a categoria”, atacou.

    Por conta de tudo isto, os professores prometem muita gente nas ruas do desfile cívico, com faixas, megafones, apitos e disposição. O objetivo é reverter o acordo já sancionado. O movimento foi batizado “vaias da Independência” e, de acordo com outro educador que não quis se identificar, o governador Jaques Wagner terá um momento de grande constrangimento na celebração com as vaias planejadas pela categoria. (Bocão News)