Prostituta é presa após extorquir cliente pelo Whatsapp e ameaçar contar aventura a esposa

002Uma garota de programa que fazia parte do catálogo do site Gatas do Recife foi presa em flagrante delito pela Polícia Civil de Recife por extorquir R$ 5 mil de um dos seus clientes, e exigir mais R$ 10 mil. A suspeita, Iane Silveira Melo, de 22 anos, usava o codinome Nelice e estava utilizando o aplicativo WhatsApp para ameaçar contar a família da vítima sobre o seu acesso ao site de prostituição.

Iane Silveira fez com que o homem pagasse, no final de junho deste ano, um total de R$ 5 mil – R$ 2.500 foram depositados na conta da suspeita e o restante quitado posteriormente. Ela foi identificada pelos policiais da delegacia especializada em crimes cibernéticos após o registro de ocorrência da vítima.

003

………………………………

Segundo o delegado responsável pelo caso, Eronides Meneses, Iane foi incriminada pelo seu celular. “Ela tentou esconder o telefone, mas acabou sendo descoberta pelas fotos que eram usadas no site e pelo histórico de conversa”.

A mulher foi presa na empresa onde trabalhava durante o dia e encaminhada para audiência de custodia no fórum do Recife. O juiz José Anchieta Felix da Silva reconheceu a extorsão, mandando a funcionária devolver os R$ 2.500 que o cliente já tinha depositado.

004

………………………….

Porém, concedeu liberdade provisória sem pagamento de fiança. Assim, a acusada vai responder em liberdade, mas após o julgamento pode pegar uma pena de quatro a dez anos de prisão.