Protestos pacíficos ocorrem em 15 cidades do interior baiano

    41319-3No interior do estado, manifestantes também foram às ruas ontem em, pelo menos, 15 cidades. No entanto, diferentemente do que aconteceu em Salvador, os protestos transcorreram de forma pacífica em todas as localidades – incluindo Feira de Santana, Valença, Santo Antônio de Jesus, Jequié, Itaberaba e Porto Seguro. Além dessas cidades, manifestações ocorreram em Mundo Novo, Juazeiro, Jacobina, Itabela, Paulo Afonso, Teixeira de Freitas, Brumado, Itabuna e Seabra.

    Em Feira de Santana, a 108 quilômetros de Salvador, os manifestantes saíram da Praça do Colégio Gastão Guimarães em direção ao prédio da prefeitura. A estimativa da PM é que 10 mil pessoas tenham participado. “Tudo foi muito tranquilo. Nos solidarizamos com a pauta nacional, mas também reivindicamos questões locais, como a melhoria da educação e a redução da taxa de iluminação pública”, contou a professora Lucélia Marinho, 31 anos, uma das participantes.

    Segundo Lucélia, muitos dos manifestantes vestiam roupas com as cores da bandeira do Brasil e usavam a máscara do quadrinho V de Vingança.

    Já em Jequié, no Sudoeste do estado, mais de seis mil pessoas foram às ruas, segundo a PM. Os manifestantes, que pintaram a máscara no rosto, percorreram ruas da cidade até chegar na Praça da Câmara Municipal. “Não somos os cara-pintadas, mas muita gente usou isso como protesto. Cantamos o Hino Nacional várias vezes, pedimos por novos livros e por uma educação melhor”, descreveu o servidor público Luciano Medina, 29.

    Em Porto Seguro, os participantes estimaram que cerca de quatro mil pessoas  compareceram  à manifestação. “Estamos unindo forças para reivindicar não só pela passagem. É pela saúde, é pela educação. E desde o início deixamos claro que não queríamos violência”, disse o comerciante Samaicon Sousa, um dos organizadores do movimento.

    Fonte: Correio