PSTU da Bahia aprova indicação de Renata Mallet para candidata a governadora

renata-malletO encontro estadual do PSTU aprovou, no último sábado (14), a indicação da bancária Renata Mallet como pré-candidata a governadora da Bahia e do professor Carlos Nascimento como postulante a vice.

Renata é presidente municipal da sigla em Salvador e tentou se lançar vereadora em 2012. Docente da rede municipal de Camaçari, Carlos foi candidato ao Palácio de Ondina em 2010 e à Câmara Municipal em 2012. A reunião da legenda ainda indicou o nome de José Roberto da Silva para deputado estadual e Gabriela Mota a federal.

A posição será apresentada na convenção estadual, marcada para 27 de junho, às 19h, no auditório do Sindicato dos Bancários da Bahia.

Renata é soteropolitana, tem 32 anos, e é formada em Fonoaudiologia pela UNEB, com mestrado em Saúde Coletiva pela UFBA. Foi professora de saúde coletiva e linguagem no curso de Fonoaudiologia da UFBA e, atualmente, é trabalhadora do Banco do Brasil. Iniciou sua trajetória política no movimento estudantil da UNEB,  quando fez parte do Diretório Acadêmico de Fonoaudiologia, da Executiva Nacional (DENEFONO) e de um importante coletivo estudantil estadual, o coletivo CAUS. Como professora universitária fez parte da construção da Oposição à diretoria da APUB e foi membro da Secretaria Executiva da CSP-Colutas (Central Sindical e Popular) na Bahia. Como parte da CSP-Conlutas, acompanhou ativamente a greve petroleira e as eleições da categoria, bem como a greve dos Correios. Em sua experiência como bancária, Renata Mallet esteve ao lado dos trabalhadores em suas greves contra a exploração dos banqueiros e em defesa da estatização do sistema financeiro. É delegada sindical eleita pelos trabalhadores e compõe o Movimento Nacional de Oposição Bancária (MNOB).

....