PT promete entrar na linha e diz que não receberá mais doações de empresas

Por Ramiro Furquim/Sul21O PT decidiu que não vai mais aceitar doações de empresas privadas em suas campanhas. A resolução foi aprovada nesta sexta-feira (17) pelo diretório nacional da legenda.

A decisão vale imediatamente será oficializada em junho, quando acontece o congresso do PT, na Bahia. “Ao mesmo tempo que lutamos pelo fim do financiamento empresarial decidimos que os Diretório Nacional, estaduais e municipais não mais receberão doações de empresas privadas, devendo essa decisão ser detalhada, regulamentada e referendada pelos delegados (as) no 50 Congresso Nacional do PT”, diz o documento oficial do partido divulgado nesta sexta, de acordo com a Folha.

O Presidente do PT, Rui Falcão explicou que no início de maio o partido lançará um programa para “estimular contribuições de pessoas físicas”.