Quijingue: Crianças nascem em cadeira ginecológica enferrujada em sala infestada por baratas, diz blog

56O blog “Metendo a Bronca” fez graves denúncias contra o estado nada elogiável da saúde pública no município de Quijingue.

Segundo matéria, a situação da Saúde é aterrorizante, no Hospital Municipal de Quijingue onde funciona a sala de partos e exames ginecológicos em mulheres gestantes, a única cadeira ginecológica para realização de partos do município, está em estado deplorável, mulheres estão sujeitas contrair tétano e bactérias que se impregnam na ferrugem da cadeira proveniente dos restos orgânicos de outros partos.

50A sala de parto, que mais parece uma “sala de tortura” é muito apertada não possui qualquer tipo de ventilação ou iluminação natural, apenas um ar-condicionado antigo e no teto uma luz incandescente reproduz o primeiro ambiente que as crianças quijinguenses vêem, um lugar onde as mulheres agonizam para sair o quanto antes de contrair doenças em seus recém-nascidos e em si mesmas.

49 (1)Ao lado da sala de parto, pacientes com suspeitas de tuberculose e outras doenças virais convivem no mesmo ambiente apertado e algumas vezes dividindo a mesma sala onde baratas também transitam com frequência.

O blog destacou ainda que o prefeito Almirinho do PT, juntamente com sua equipe, antes de assumir o governo prometeu construir um hospital maternidade em Quijingue, um hospital da mulher, isso fez parte do plano de governo proposto pela equipe do gestor, porém nada foi feito.

Tentamos entrar em contato com a direção do Hospital através do número (75) 3387-2153, porém recebemos a mensagem de que o número não existe, também ligamos para o número da prefeitura (75) 3387-2138, mas também fomos surpreendidos com a mensagem de que o número também não existe mais. O Portal está a disposição da prefeitura de Quijingue para qualquer esclarecimento a respeito da denúncia.