Coisas do WhatsApp: Rasta suspeito de esquartejar mulheres já teria sido visto em mais de 100 municípios

Welliton-dos-SantosUm boato que virou febre no WhatsApp, tem levado medo e pânico a mulheres de diversas cidades baianas. A história do rasta acusado de esquartejar e matar mulheres é tão falsa quanto nota de quatro reais, porém ela tem mexido tanto no psicológico das pessoas que já existem relatos de aparição do “rasta misterioso” em mais de 100 municípios do estado.

Acusado de ser um fugitivo do complexo penitenciário de Feira de Santana, o rapaz da foto, que não sabemos se é baiano, nordestino, ou brasileiro, segundo a polícia, nunca passou por lá.

As mensagens espalhadas junto com a foto são sempre as mesmas “Fiquem atentas, estão divulgando informações que este homem da foto é um fugitivo de Feira de Santana. Muito perigoso. Mata e esquarteja mulheres e mutila os demais. Anda pedindo comida nas portas. Cuidado! Passe informação pq já viram ele Em (…Tal Município…).”

“Zé Pernambuco, Pé de Pano, Rasta, Zé Pelanca” foram alguns dos nomes dado ao esquartejador fabricado no Zap, a cada nova mensagem enviada, o texto passa por modificações, sempre com o intuito de causar ainda mais pânico e terror.

Como se não bastasse toda a história fantasiosa, agora apareceu mais uma história mirabolante, a suposta mãe do rapaz estaria procurando uma forma de esclarecer a toda a população a confusão que está sendo feita com seu filho, pois o mesmo está sendo acusado de ser procurado pela justiça, e de ser o rasta, que, segundo informações estaria atacando as mulheres.

Ainda segundo o novo boato, a mãe do jovem disse que o filho não está nem podendo sair de casa, por conta dos boatos que estão sendo compartilhados via WhatsApp com a foto dele, e está colocando a vida do mesmo em perigo.

Imagine, fabricaram um boato e agora criaram mais um boato para desmentir o falso boato, é mole?

Por: Portaldenoticias.net (Foto Reprodução WhatsApp)