Rejeitado pelo PT, Marcelo Nilo senta com ACM Neto em cerimônia

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.vYE2r-xgrDRejeitado na chapa petista e cortejado na oposição, o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), cumpriu a promessa feita e compareceu à cerimônia de posse do novo chefe da Casa Civil de Salvador, Luiz Carreira, no Palácio Thomé de Souza, nesta quarta-feira (PDT). Embora o secretário, segundo o pedetista, seja seu “amigo pessoal”, na fotografia do evento ele ficou posicionado na cabeceira da mesa de reuniões, entre o prefeito ACM Neto (DEM) – coordenador do processo de escolha do candidato a governador das oposições – e o presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, que postula o comando baiano. Aliado de longa data do PT e amigo pessoal do governador Jaques Wagner, Nilo migrou em 2009 do PSDB para o PDT após os tucanos locais se alinharem com a postura de oposição da sigla no plano nacional. No entanto, apesar de ter sido contra a aliança do PDT com Neto na campanha de 2012, e ameaçar sair da sigla, mantém boa relação com o deputado federal Jutahy Jr., com quem tradicionalmente faz dobradinhas em diversos municípios nas eleições proporcionais. (BN)