Rodovias Federais que cortam a BA tiveram quase 200 acidentes, 20 mortes durante feriadão

57255-2Foram registrados 191 acidentes com 20 mortos nas rodovias estadual e federal que passam pela Bahia durante o período da Semana Santa, segundo dados apresentados pelas Polícias Rodoviárias nesta terça-feira (22).

Segundo a PRF, entre a quinta-feira (17) e a segunda-feira (21), ocorreram 160 acidentes, com 15 mortos e 105 feridos nas pistas federais que cortam a Bahia. Já a PRE registrou 31, com cinco mortes e 13 feridos. A PRE aponta redução de 22% do número de acidentes relacionados ao ano de 2013.

A PRF afirma que houve diminuição em 21% no número de acidentes, mas a quantidade de mortos aumentou 88% em relação ao ano passado, quando oito pessoas morreram em 203 casos. Em 2014, foram 13.060 veículos fiscalizados, 25.657 pessoas abordadas e fiscalizadas, resultando em 4.428 autuações. Desse total, 1.179 por ultrapassagens proibidas, 471 pelo não uso do cinto de segurança e 9.257 imagens de radar capturadas por veículos com excesso de velocidade.

A PRF indica a imprudência, a inabilidade, a falta de cuidado e o desrespeito às Leis de Trânsito como as principais causas dos acidentes graves. Segundo os dados, foram feitos 4.110 testes com etilômetro, sendo 74 condutores notificados por dirigirem alcoolizados, o que é considerado infração gravíssima, passível de multa de R$ 1.915,40. Dos 74, 13 foram levados à Delegacia de Polícia Judiciária por crime de embriaguez no trânsito.

O batalhão estadual registrou 1.353 abordagens a veículos, o que resultou em sete retenções, 201 autuações, extração de 238 autos de infração, recolhimento de nove Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e quatro Certidões de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Três pessoas foram encaminhadas à delegacia, das 1.448 abordadas, sendo uma por clonagem de placa de veículo e duas por condução de veículo roubado, sendo que um deles foi flagrado com pistola de ar comprimido e apresentado na Delegacia de Santo Antonio de Jesus.
Brasil

Levando em consideração o número total de ocorrências em todos os estados, a PRF registrou 2.726 acidentes, com 136 mortos e 1.629 feridos, em 66 mil quilômetros de rodovias. No ano passado, com um a dia menos de feriado, a PRF contabilizou 108 mortes e 2.429 acidentes entre a Quinta-Feira Santa e o Domingo de Páscoa.

Em termos proporcionais, quando se leva em consideração o aumento de quase 8% da frota de veículos em 2014 e a média diária de ocorrências, houve queda nos índices. Foram 6,54 acidentes por dia para cada 1 milhão de veículos, uma redução de 21% em relação ao ano passado. Além disso, houve redução de 9% no número de mortos, com 0,33 morte por dia em 1 milhão de veículos, em relação ao ano anterior.

Segundo a PRF, 183.583 pessoas foram fiscalizadas em 184.246 veículos. Foram feitos 56.246 testes de alcoolemia que resultaram em 1.109 autuações e 266 prisões. Durante a operação, 5.745 condutores foram autuados por ultrapassagem proibida. No total, foram emitidas 52.282 multas e apreendidas 1.164 carteiras de motorista. Além disso, quase metade das mortes foi ocasionada por falta de atenção dos motoristas e excesso de velocidade.

Paraná teve o maior número de mortes, com 27 mortos, 203 feridos e 240 acidentes. Minas Gerais contabilizou 15 mortes, 227 feridos e 396 acidentes. Bahia registrou 15 mortos, 105 feridos e 160 acidentes.

Com informações do G1 e Agência Brasil.