Rui Costa e aliados do PT são acusados de desviar milhões do Fundo de Combate à Pobreza

rui-costa-brumado-agora-lula-82A presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele, revelou um esquema milionário de desvio de verba pública envolvendo políticos do PT. Em entrevista à revista VEJA, ela apontou o candidato ao governo do Estado da Bahia, Rui Bahia, de ter participado juntamente com mais um senador, dois deputados federais e um ex-ministro da presidenta Dilma.

O Instituto Brasil é uma Organização Não-Governamental (ONG) criada pelos petistas da Bahia e já vem sendo investigada pelo Ministério Público desde 2010. A entidade foi escolhida para construção de cerca de 1.120 casas populares para famílias de baixa renda, com aproximadamente R$  17,9 milhões de recursos do Fundo de Combate à Pobreza.

Segundo a presidente, a ONG recebia os recursos para construção de 1.000 casas, por exemplo, fazia apenas 100 habitações e repartia o restante do dinheiro entre os políticos do partido e para ajudar o financiamento do caixa eleitoral do PT na Bahia. Como os convênios eram assinados com as administrações petistas, cabia aos próprios petistas a tarefa de fiscalizar.

Ainda de acordo com Dalva, nesse método de receber os recursos e simular a prestação de serviço, o esquema já chegou a movimentar cerca de 50 milhões desde 2004, com quase uma década de funcionamento. Os nomes dos outros envolvidos ainda não foram revelados.

Fonte: Bocão News