Rui Costa está mais próximo de ser cravado como candidato a governador

JonasPaulo_EdsonRuiz_bocaonewsO conselho petista que está discutindo a sucessão de Jaques Wagner se reuniu, na manhã desta segunda-feira (14), com os deputados federais e estaduais do partido.

A reportagem do Bocão News conversou com o interlocutor do grupo, o presidente estadual do PT, Jonas Paulo. Esmiuçando as declarações não se tem um resultado objetivo.

De acordo com ele, as conversas avançaram para a necessidade de haver harmonia entre o partido e o governador. “A indicação não pode deixar nenhuma sequelas no PT”.

Embora, este seja o segundo encontro objetivo do grupo – o primeiro aconteceu na última semana e reuniu os quatro pré-candidatos da legenda -, as possibilidades de mudança no cenário são pequenas.

O dirigente petista nega, mas nos bastidores corre que o nome de Rui Cosa (chefe da Casa Civil) está consolidado. Sobre o senador Walter Pinheiro, a rádio corredor informa que este ficou no “discurso fácil” sem entrar de cabeça nos grandes embates que acontecem no estado.

José Sérgio Gabrielli ainda conta com influência do diretório nacional do partido. O presidente Jonas Paulo mencionou o entendimento de que “o jogo deve ser combinado” entre PT nacional, governador, base aliada e PT estadual.

“O partido deve cumprir o papel de ser parceiro do governador Jaques Wagner. Avançamos e o cenário já começa a ser mapeado. A decisão será tomada antes do previsto”.

Apesar de não ter dada, a ideia é que o nome saia antes de 10 de novembro, data em que acontece o Processo de Eleição Direta (PED) do partido. Até então, o partido estava em ebulição e a efervescência apontava para uma influência maior da militância na decisão sobre o nome. Estes planos, ao que parece, ficaram para trás.

Vice

O caminho aponta para Rui Costa na cabeça de chapa. Otto Alencar (PSD) já está cravado, há muito, na vaga que vai disputar o Senado. O deputado federal Mário Negromonte (PP) revelou que o nome dele já foi escolhido para vice.

Sabe-se que na última sexta-feira (11), o governador Jaques Wagner se reuniu com o presidente estadual dos progressistas, mas não saiu nenhuma informação, até hoje, desta conversa.
Na quinta-feira (10), o petista se encontrou com Marcelo Nilo (PDT). Desta também não saiu nada de novo.

“Não tem nada consolidado. Nós estamos conversando com a base. O governador está conversando e o caminho ainda será decidido”, afirmou o presidente Jonas Paulo.

Ainda esta semana, o conselho promove o encontro com pelo menos 15 prefeitos petistas com representação na União dos Municípios da Bahia (UPB) e que presidem ou participam da direção de associações de prefeituras ou consórcios de prefeitos. A pauta é mesma: sucessão.

Bocão News