Salvador lidera ranking de mortes por arma de fogo

2548c1997cSalvador é a capital brasileira mais violenta do país em relação ao total de homicídios por uso de arma de fogo, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (5), pela Confederação Nacional de Municípios (CNM). A capital baiana lidera o ranking com 93,6% da taxa de assassinatos por esta prática – com base em dados de 2009.

Ainda de acordo com o estudo, a taxa de homicídios a cada 100 mil habitantes, em Salvador, também aumentou continuamente, sendo acompanhada pela crescente contribuição do uso de armas na prática deste tipo de crime. Somente nos últimos dez anos, a quantidade de assassinatos elevou de 8,6% (em 2000) para 57,3% (2009).

Entre os estados mais violentos, a Bahia ocupa a segunda posição da tabela – com 81,3% das mortes do total de homicídios.

O Estado mostra também um aumento progressivo na mortalidade por armas de fogo ao longo da última década, conforme o documento. A crescente das cifras saltou de 5,8%, em 2000, para 29,6%, em 2009. De 2004 a 2009, houve registro de elevação contínua nas taxas.

Entre as cidades baianas mais violentas estão: Eunápolis, com 106,5%; Lauro de Freitas, com  100%; e Porto Seguro, com 78%.

Homicídios de mulheres por arma de fogo na Bahia

A proporção do uso de armas de fogo por Estados mostra que a Bahia é o terceiro lugar onde mais se usa armas para matar mulheres. Das 343 mulheres mortas em 2009, 220 foram executadas por arma de fogo – o equivalente a 64,1% dos casos.

Informações do Tribuna da Bahia