Sandro Régis detona governo Rui e critica extinção da EBDA: “ato covarde”

001Sempre ameno em suas críticas ao governo do estado, o líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado estadual Sandro Régis (DEM), disparou sua artilharia contra os governistas na manhã desta quinta-feira (2). O democrata criticou duramente a extinção pelo governo da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), durante uma sessão especial para discutir o assunto, na Casa Legislativa.

Em sua fala, Régis disse que a extinção da EBDA foi um “ato covarde”, “recheada de maldade” e é resultados de “ideias improvisadas e incompetentes”. “Foi realizada sem um amplo debate com os setores envolvidos, não houve a transparência exigida, nada se falou ou se discutiu sobre os efeitos adversos e danosos que poderiam advir sobre tão violenta decisão. Foi na verdade um ato insensato e politiqueiro do Governo do Estado”, criticou, sendo aplaudido por ex-funcionários presentes na sessão.

Segundo o deputado, os trabalhos desenvolvidos pelos funcionários contribuíram para colocar o Estado como quarto produtor de café com destaque na produção e qualidade. “A EBDA se notabilizou na expansão e melhoria do padrão tecnológico da bovinocultura de corte e leite em discursos regiões do Estado, especialmente nas regiões do São Francisco e Vitória da Conquista”, disse.

Ainda no seu discurso, ressaltou que a empresa foi responsável pela introdução da cultura do abacaxi e do mamão na Bahia. “É difícil de se entender, em se tratando de uma empresa do porte e da importância da EBDA que a sua extinção tenha sido encaminhada é autorizada em regime de urgência, não dado lugar a grandes debates e necessárias discussões”, acrescentou. (Com informações de Rodrigo Daniel/Bocão News)