Sandro Régis diz que governo deveria economizar em propaganda ao invés de cortar reajuste do servidor

    sandro-regisDurante a sessão plenária desta terça-feira (14), na Assembleia Legislativa, que contou com a participação de grupos de servidores públicos, o deputado Sandro Régis disse que fica “abismado ao ver os deputados governistas, sobretudo os do PT, justificando o mísero reajuste que o governo dá aos servidores”. Mais uma vez, o deputado e demais membros da oposição acusaram o governo de fazer acordo com os presidentes de sindicatos. “As famílias deles estão todas empregadas no governo”, disparou Régis.

    O deputado disse ainda que o governo deveria economizar nos gastos com propaganda e com as viagens do governador ao exterior, que nunca trouxeram investimentos ao estado, ao invés de cortar o reajuste do funcionalismo público. “Neste momento em que a inflação da cesta básica é de 14% e o aumento da tarifa da Embasa é de 9%, o governo tinha que dar um reajuste digno”, protestou.

    Por fim, Régis ironizou, afirmando que na Avenida Paralela há 40 outdoors do governo do estado que anunciam a vinda de O Boticário, Casas Bahia e JAC Motors para a Bahia. “O terreno da JAC Motors está lá cheio de mato. E enquanto o governo gasta mais de R$ 500 mil por dia em propaganda, não quer dar sequer a reposição inflacionária aos servidores”, concluiu.

    Fonte: Assessoria de Comunicação do deputado Sandro Régis