Senador goiano coloca ACM Neto como melhor opção para eleições presidenciais de 2018

650x375_ronaldo-caiado_1495233Em visita a Feira de Santana no final de semana, o senador goiano líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado, rejeitou a ideia de uma fusão do seu partido com qualquer outra legenda e colocou – além de si mesmo – o prefeito de Salvador, ACM Neto, como possível candidato à presidência da república em 2018, apesar de o gestor estar ainda em seu primeiro mandato à frente do Executivo municipal.

“A figura mais expressiva do partido hoje é o prefeito ACM Neto. É um político precoce. Não se pode desmerecer a sua capacidade de articulação”, afirmou Caiado, representante da bancada ruralista,  que participou no domingo, 22, em Feira do Encontro de Muares de Sela, evento que reúne criadores de diversos estados. Fora do país, Neto não encontrou Caiado na viagem à Bahia.

No começo deste ano, ganharam força novamente os rumores de que o prefeito de Salvador estaria de saída do DEM, rumo ao PDT, ou costuraria uma fusão entre os dois partidos – cenário ao qual Caiado se opõe completamente.

“O Democratas é um partido de sobreviventes. Todos aqueles que tinham pensamento de ficar na sombra do governo, de serem  mais cortesãos palacianos, já saíram do partido. Para quê se unir a um partido governista em um momento em que a sociedade não quer ouvir falar o nome da Dilma e do PT?”, questionou.

De acordo com o senador, uma fusão com uma sigla oposicionista, como o PSDB, também não seria vantajosa para o DEM. “A conta vai ser zero. Para quê somar?  Só para criar conflito em alguns estados? O partido tem que seguir sua trajetória, não tem que se juntar aos iguais”, declarou Caiado.

Para o senador, o partido já deve começar a se organizar para a disputa presidencial de 2018. “O sentido é nos apresentarmos, irmos para encontros em toda a sociedade. Antes o cidadão estava anestesiado: ‘O PT é bom’. Isso acabou”, disse.

As informações são do A Tarde