Sertanejo baiano do Seu Maxixe faz sucesso no Brasil

    maxixao2O sertanejo é um antigo estilo musical brasileiro, que tem passado por mudanças e influências de várias regiões do país, sendo temperado com vários ritmos. Um tempero que com certeza não poderia faltar, é o dendê do axé music.

    O ritmo romântico vem ganhando espaço entre o público baiano, nas baladas e principalmente no carnaval de Salvador. Isso porque na Bahia a mistura do romantismo com batidas do axé music, ganha uma nova roupagem, o que podemos chamar de, “New Sertanejo” e é totalmente abraçado por todo público baiano, principalmente na maior festa de largo do mundo. A maior prova disso é o sucesso da banda Torres da Lapa que tocou dois dias no camarote do Nana e emplacou com a música “Sedam do Amor” que é uma composição de Durval Lélis, que fez uma participação no CD da banda lançado em janeiro deste ano junto com o DVD.

    O Seu Maxixe, que foi a primeira banda Sertaneja a lançar o primeiro bloco sertanejo do mundo no carnaval de Salvador, está levando o sertanejo da Bahia para o Brasil. O “Maxixão”se concentra no lançamento do primeiro DVD de carreira! O registro, que conta com 20 músicas autorais e contou com grandes participações – como Tomate e Léo Santana, já está saindo do forno. Enquanto isso, o grupo já preparou um pequeno aperitivo do que vem por aí! O clipe da nova música de trabalho “Garrafa Pet (Dormir de Conchinha)”, composição de Flavinho Souza, extraído do DVD, já está pronto e foi lançado hoje! Para conferir o clipe, basta acessar o site do Seu Maxixe (www.seumaxixe.com.br).

    O fato perceptível a todos é que, a cada carnaval depois do advento do sertanejo a música baiana, as duas representantes do estilo na Bahia, Torres da Lapa e Seu Maxixe, terminaram conquistando seu espaço e abrindo o caminho para as bandas do centro-oeste do Brasil, a exemplo de Jorge & Matheus, Munhoz & Mariano e Gustavo Lima que esteve este ano pela primeira vez no carnaval de Salvador. “Hoje mais do que nunca o sertanejo na Bahia está fortalecido pela parceria que o axé music tem proporcionado, o que terminou influenciando esta relação também com bandas de sertanejo do centro-oeste, como, Jorge & Matheus, Munhoz & Mariano e outros”, comenta Rodrigo Torres, vocalista da banda Torres da Lapa.

    Para Berguinho, vocalista do Seu Maxixe, quem elegeu o “new sertanejo” baiano, foi o povo e os músicos que defenderam de forma competente. “Nós do Seu Maxixe metemos a cara em um cenário musical que era diferente da nossa proposta, que é a música baiana, o sucesso veio e devemos isso ao povo baiano que sempre abraça sem preconceitos gêneros musicais diferentes e os músicos que defenderam o ritmo com competência. Por isso eu digo que santo de casa faz milagre sim, tanto que atraiu as bandas do centro-oeste, afirmando esta conquista que só acontece na Bahia”, afirma o vocalista do Seu Maxixe.

    Agora que o carnaval terminou, as representantes do sertanejo baiano estão trabalhando nos seus projetos para as festas juninas, época em que as agendas ficam lotadas. “Estamos com a música de trabalho ‘So de Pirraça’ que já está bastante executada no interior baiano e com muitas outras novidades que estão saindo jajá do forno”, explica Rodrigo Torres.

    Berguinho também falou do projeto do Seu Maxixe para o São João, além do DVD de carreira que será lançado em março. “Estamos a todo vapor, nosso DVD sai agora em março. Nós não temos uma agenda sazonal, Seu Maxixe toca durante todo ano, no carnaval temos o Seu Maxixe Elétrico, no Bloco Seu Maxixe. Tocamos em muitas micaretas, como a de Feira de Santana que estaremos mais um ano. Temos os projetos de verão e no São João com certeza a agenda ferve. Este ano, teremos os ensaios de São João que acontecerão em datas que antecedem a festa junina”, explica Berguinho.