Servidores do Poder Judiciário da BA paralisam atividades por 24 horas

    imagesOs servidores do Poder Judiciário da Bahia paralisaram as atividades nesta quinta-feira (2), em protesto contra o não cumprimento da data-base salarial da categoria. De acordo com o Sindicato dos Servidores Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sintaj), a ação tem duração de 24 horas e os trabalhos devem voltar à normalidade na sexta-feira (3).

    Em nota divulgada à imprensa o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) alega que não cumpriu a reposição salarial porque aguarda determinação do Executivo, “que é quem repassa os valores e que não pode fugir da linearidade do aumento geral concedido pelo Governo do Estado”.

    No entanto, o Sintaj informou que o Tribunal de Justiça é “independe do Executivo” e pode cumprir com a data-base da categoria. O acréscimo é referente a inflação do período, que seria de 5,4%, de acordo com os servidores.

    A categoria informou ainda que deverá realizar uma nova paralisação na quarta-feira (8), caso o acordo não seja cumprido.

    G1/BA