Sete médicos do Hospital Regional de Juazeiro pedem demissão

23

Sete dos 57 médicos do Hospital Regional de Juazeiro, no norte da Bahia, pediram demissão na última quarta-feira (3). A informação é do Sindicato dos Médicos do Estado (Sindimed), que afirma também que os profissionais estão com salários atrasados.

O hospital é vinculado à Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Em nota, a Sesab informou que a entidade que administra a unidade é responsável pela gestão integral, o que inclui aquisição de insumos e mão de obra. A secretaria acrescenta que fez pagamentos superiores a R$ 4,9 milhões nos últimos 30 dias à entidade e que, “em virtude das reiteradas denúncias”, abriu sindicância para apurar os fatos.

juazeiro
Sindicato diz que sete médicos pediram demissão de unidade hospital de Juazeiro — Foto: Reprodução/TV São Francisco

Presidente do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia, Ana Rita de Luna Freire Peixoto afirma que os atrasos de remuneração dos médicos no Hospital Regional de Juazeiro são recorrentes. Ela afirma que, em muitas situações, a unidade só efetuou o pagamento em após indicativo de greve e ameaça de paralisação.

Ana Rita Peixoto acrescenta que, só após receber pedido de demissão dos médicos, a gestão do hospital passou a se mobilizar para tentar dar sinais de que havia recebido recursos financeiros para proceder com os pagamentos.

O Sindimed informou que foi expedido ofício, no dia 20 de maio, aos gestores do hospital cobrando solução para o atraso no pagamento dos salários. Como a situação não foi resolvida, o sindicato afirma que, na última terça-feira (2), emitiu novo ofício ao secretário municipal de saúde reiterando pedido de solução do problema.

O G1 tentou contato com a prefeitura de Juazeiro, mas não obteve êxito.

Fonte: G1/BA