Sinal vermelho: Número de casos de microcefalia dobra na Bahia e governo já admite seis mortos

microcefaliaA Bahia tem 112 casos suspeitos de microcefalia. A informação foi divulgada na manhã desta sexta-feira (4) pelo governo do Estado. Segundo os dados, as notificações foram registradas até a última terça-feira (1º) em 34 municípios. Até agora, 26 casos da condição neurológica foram confirmados. Desse total, seis bebês já morreram nos municípios de Salvador, Itapetinga, Olindina, Tanhaçú, Camaçari e Itabuna.

Segundo o governo, o número foi atualizado seguindo o padrão estabelecido até esta quinta-feira (3) pelo Ministério da Saúde, no qual considera bebês com microcefalia aquele que tenham perímetro cefálico igual ou inferior a 33 centímetros.

Salvador é a cidade com o maior número de casos notificados, com 69. Em seguida aparece Feira de Santana com quatro e Lauro de Freitas também com quarto. A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), os casos notificados como suspeitos estão sendo investigados e classificados, seguindo a orientação da Secretaria de Vigilância em Saúde, órgão ligado ao Ministério da Saúde.

Até o dia 28 de novembro, o último boletim do Ministério da Saúde considerava apenas 37 casos suspeitos em todo o estado, deixando a Bahia na 6ª posição no país. Dessas notificações, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou que 13 casos eram microcefalia. O dado era o mesmo fornecido do dia 12 de novembro, quando foi divulgado o primeiro boletim sobre a doença.

A partir de agora, todas as segundas, às 15h, serão divulgados boletins semanais.

Por: Portaldenoticias.net/Com informações do Correio24Horas (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)