Suspeito de latrocínio em Casa Nova é preso

Suspeito de envolvimento no desaparecimento e morte de Sebastião Gil de Brito, Natan Santos Braga, foi preso, na terça-feira (29), por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), de Casa Nova, na localidade de Sítio Carnaúba, zona rural da cidade, distante 571 quilômetros de Salvador.

O corpo de Sebastião foi encontrado, em Sítio Carnaúba, na segunda-feira (28), 15 dias depois de desaparecido e enterrado numa cova. A casa da vítima estava revirada e familiares deram falta de vários rolos de arame, uma rede e sacos de ração para o gado, que haviam sido furtados.

camelo 1
Foto: Polícia Civil

As investigações levaram os policiais até a residência de Natan, que negou envolvimento no crime, apontando o amigo Fábio dos Santos Guedes e um adolescente, sobrinho dele, como os verdadeiros responsáveis. Ele disse ainda que, no dia 18, foi procurado por Fábio, e confessou ter assassinado Sebastião, que o havia flagrado furtando animais em sua propriedade e estava ameaçando denunciá-lo à polícia.

Em seguida, Natan levou a equipe até o terreno onde havia enterrado os rolos de arame farpado, a pedido de Fábio. Autuado em flagrante pelo crime de receptação, ele terá a participação no latrocínio apurada. Fábio e o sobrinho estão foragidos e são procurados pela polícia.