Tenente da PM é preso após matar 1 e ferir 3 em shopping no interior da Bahia

crime_alagoinhasUm tenente da Polícia Militar da Bahia, lotado no Batalhão do bairro de Pernambués, em Salvador, foi preso na madrugada deste sábado (12), sob a suspeita de ter disparado diversos tiros no restaurante de um shopping, no município de Alagoinhas, localizado a 110 quilômetros da capital baiana, causando a morte de um homem e deixando outras três pessoas feridas.

Atingido por seis tiros, Hebert Menezes de Amorim Neto, de 33 anos, morreu na hora.
As informações são do delegado substituto da 2ª Coordenadoria de Polícia Interior (Coorpin/Alagoinhas), Glauco Suzart. Segundo ele, a partir dos relatos de testemunhas, a polícia soube que o tenente chegou à mesa de um grupo de amigos, que estava comemorando o aniversário de uma criança, e pegou um pedaço de carne sem autorização. A festa estava sendo realizada em um restaurante do Laguna Shopping.

Conforme diz o delegado, um rapaz que estava na mesa questionou a ação do policial, que não estava fardado, quando foi surpreendido pelo PM que disparou cerca de seis tiros.

Ainda segundo a polícia, pessoas do restaurante tentaram conter o agente, que continuou atirando acabou acertando outras três pessoas. Elas foram encaminhadas para o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

O tenente foi preso em flagrante, por volta das 3h, e encaminhado para a delegacia do município. Segundo o delegado Glauco Suzart, o suspeito, que apresentava sinais de embriagez, narrou em depoimento que teria se defendido de três homens armados, que estavam na mesa comemorando o aniversário.

Confrontado com os depoimentos das testetemunhas, o delegado contou que não há informação sobre outras pessoas armadas no local. Suzart informa que o agente foi preso em flagrante e será indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio.

Procurada pelo G1, a Polícia Militar da Bahia (PM-BA) confirmou a ocorrência do crime e informou que o tenente está sendo encminhado, no inicio da tarde deste sábado (12), para a Corregedoria da PM, em Salvador, e em seguida deve ficar à disposição da Justiça no Batalhão de Choque. A assessoria do comando ressaltou que a transferência do tenente foi feita por medida de segurança.

Fonte: G1/BA (Foto: Reprodução / TV Bahia)