Timão fecha o cerco e tenta antecipar compra de atacante

5644fdd794583O Corinthians viu sua primeira proposta para comprar o atacante Lucca ser rejeitada pelo Criciúma. O jogador está emprestado até o fim do Campeonato Paulista de 2016, e o Timão tinha a prioridade de compra até a última segunda-feira. A informação foi divulgada pelo Uol e confirmada pelo LANCE!.

A diretoria corintiana mudou de estratégia e tentou antecipar a compra de Lucca. Antes, a intenção era esperar até o fim de maio, quando acaba o empréstimo do atleta, para decidir se iria ou não adquirí-lo, com a esperança de ter um custo de cerca de R$ 3 milhões. Até segunda-feira, o valor fixado era de cerca de R$ 6 milhões, que agora saltaram para R$ 9 milhões. De acordo com Cláudio Gomes, representante do Grupo Angeloni, o grupo investidor irá considerar o valor “antigo”, mas essa primeira proposta foi abaixo do esperado.

Os direitos econômicos de Lucca estão divididos entre o investidor Antenor Angeloni, ex-presidente do Criciúma, que tem 65%, e o Cruzeiro, com os 35% restantes. O Corinthians pretende adquirir 100% dos direitos do atacante.

A expectativa é de que o Corinthians faça uma nova proposta na próxima semana, quando um dos empresários do atleta, Guilherme Miranda, já terá voltado da Europa.

– O primeiro valor proposto não nos agradou, ficou abaixo do que estava combinado em contrato. Recebemos sondagens de outros clubes brasileiros, mas nossa prioridade é o Corinthians, até por ser uma questão contratual e ética – afirmou Cláudio Gomes.

Guilherme Amaro/Lance  (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)