Tirar a carteira de habilitação poderá ficar até R$500 mais caro

20060511MCA partir do dia 1° dezembro, tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ficará até R$500 mais caro.

Essa mudança vai acontecer por conta da publicação da resolução n° 493 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que aumenta a carga horária das aulas práticas da primeira habilitação na categoria B (para carros) de 20h para 25h.

Segundo assessoria do Sindicato das Autoescolas e do Centro de Formação de Condutores, o valor da alteração varia entre R$ 300 e R$ 500. “Por conta da publicação, haverá um aumento também nos preços das auto-escolas. Mas esse valor não é tabelado, deve variar entre R$ 300 e R$ 500”.

Com a resolução, além da ampliação da carga horária, serão utilizados também simulados à noite, porém sem obrigatoriedade. A nova resolução exige um mínimo de 25 horas/aula, das quais 5 horas/aulas terão que ser, obrigatoriamente, no período noturno para quem vai tirar pela primeira vez a CNH.

Já quem vai fazer adição para a categoria B, a nova resolução diz que é necessário ter 20 horas/aula, das quais quatro devem ser à noite. No caso da moto (categoria A), é exigida 20 horas/aula, sendo que quatro dessas devem ser pela noite.

Para adição da categoria na carteira são exigidas 15 horas-aula, três no período noturno. As pessoas que desejam retirar a carteira ainda com as normas atuais devem comprar o laudo até o próximo sábado (29). (iBahia)