“Um dia fui homossexual porque estava endemoniado” desabafa deputado baiano

002O deputado estadual Sargento Isidório (PSC) comentou neste sábado (27) a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que autoriza, em todo país, o casamento entre os homossexuais. A divulgação oficiliazada na sexta (26) ganhou o apoio de simpatizantes da causa LGBT, além de ser comemorado pelos casais homossexuais que tanto esperavam por isso.

Em conversa com o site Bocão News, o parlamentar disse não ter ficado nem um pouco feliz com este anúncio. “Um dia fui homossexual e era porque não conhecia a palavra de Deus. Estava endemoniado. Quem estava na minha vida era o satanás e no lugar da binga eu via a xoxota. Há 24 anos que virei servo de Deus e recorro apenas à bíblia. Não fiquei alegre com a notícia, apesar de respeitar a constituição deles e a nossa, que dá direito a gays e lésbicas”, afirmou.

001Isidório também criticou a postura de alguns deputados e, até mesmo do ex-governador Jaques Wagner, que postaram nas redes as cores do arco-íris no perfil como um sinal de apoio à decisão. “Que botem bandeira na casa deles. Lamento que as autoridades façam isso. Autoridade tem que ser neutra e não influenciar. O importante é que nós cristão, evangélicos e católicos tenhamos o direito de preservar a família porque não vamos nos curvar para o homossexualismo”, disparou.

A decisão

A Corte aprovou por cinco votos a quatro a garantia do matrimônio pela Constituição, o que significa que os estados não podem mais barrar os casamentos entre homossexuais.  Em uma rede social, o presidente Barack Obama comemorou a decisão da Suprema Corte. Para ele, foi um grande passo para a igualdade de direitos. “Casais de gays e lésbicas têm agora o direito de se casar, como todas as outras pessoas. #Oamorvence”, pontuou Obama.  (Bocão News)