Vendedor ambulante é preso em Euclides da Cunha após furtar celular de Cliente

prisao-por-celular_02Na manhã de ontem(12), mais uma dupla de vendedores ambulantes do Estado do Ceará, destes que, de porta em porta oferecem produtos diversos, desde tapete, cadeira, ventilador, utensílios domésticos, entre outros, foram presos e conduzidos para a 1ª DT da 25ª Coorpin, depois que uma senhora comunicou a polícia sobre o furto de um aparelho de telefone celular de sua propriedade.

Segundo o relato da vítima, uma dona de casa residente na Av. Cel. Almerindo Rehem, bairro Nova América, por volta das 9h, um vendedor ambulante que trabalhava no bairro havia lhe oferecido um tapete, pelo qual se interessou e quando voltou o sentido para uma criancinha que se encontrava com ela, o vendedor subtraiu o aparelho de telefone celular que se encontrava sobre o batente da casa, ao lado da dona, sem que ela percebesse a gatunagem.

Para despistar, o ambulante disse que iria se encontrar com outros vendedores ambulantes que se encontravam no bairro e que voltaria para concretizar a venda do tapete. Ao se dirigir para dentro de casa se deu por falta do celular e na tentativa de localizá-lo pediu emprestado o telefone celular de um mototaxista amigo, ligou para o seu número e teve como resposta o aviso da companhia operadora que o aparelho se encontrava impossibilitado de receber ligações, pois se encontrava na caixa de mensagem.

Ao perceber a situação, o mototaxista disse ter visto o vendedor ambulante passar por detrás da vítima e pegar o telefone, antes de deixar o local, que imaginara ser o autor do furto, pessoa amiga da vítima.

A dona de casa, na companhia do mototaxista saiu à procura do vendedor, que fora localizado há dois quarteirões do local do furto, já na companhia de outros colegas. A vítima pediu o telefone celular de volta, porém, o vendedor negou estar com o aparelho. A dona de casa ameaçou chamar a polícia, mas o acusado disse não temer e reforçou a intenção da vitima.

Uma ligação foi feita para o número 190 do serviço de rádio patrulha do 5º BPM, que acionou uma guarnição do CETO (Companhia Especial Tático Operacional), em ronda ostensiva pela cidade, que se deslocou para o local e deteve a pessoa de José Wescle de Souza (30), natural de Juazeiro do Norte (CE), que na fotografia aparece de camisa escura, que ao ser conduzido revelou ter deixado o objeto do furto com o colega de nome Cícero José da Silva (20), natural de Missão Velha (CE).

A guarnição policial foi em busca de José Cícero, que ao ser abordado negou participação no furto e até havia pedido a Wescle para não deixar o aparelho de telefone celular no carrinho dele (Wescle) de mercadorias.

A dupla foi conduzida para a 1ª DT, onde juntamente com o aparelho de telefone celular recuperado, foi apresentada a autoridade de plantão, que deverá indiciar José Wescle no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, por prática de furto, crime considerado leve.

Assim como Cícero José da Silva, José Escle não possuiu antecedentes criminais, é considerado primário, o crime é afiançável e de acordo com a autoridade policial, o acusado poderá ser solto para responder judicialmente em liberdade, após pagar fiança no valor de R$ 788,00 equivalentes ao salário mínimo vigente no País.

O patrão da dupla já esteve na 1ª DT para se inteirar da prisão, bem assim familiares de Cícero José, que residem na cidade de Missão Velha, que foram avisados e ligaram para saber o motivo da prisão. O telefone celular foi devolvido a sua proprietária.

Por: Portaldenoticias.net (Com informações e foto do Eulcidesdacunha.com)