Vídeo: Jovem morre após ser empurrado de ponte por colega durante brincadeira

Um jovem de 18 anos morreu depois de ser empurrado de cima de uma ponte no rio Jamari, na Estrada da Balsa, área rural de Itapuã do Oeste (RO), a 112 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Polícia Militar, Daniel Faustino Pinto Filho estava brincando com amigos quando foi empurrado por uma jovem de 21 anos no início da noite de quarta-feira (1°). Após a queda Daniel desapareceu na água e o corpo foi achado só nesta quinta-feira (2) pelo Corpo de Bombeiros.

capturar3

De acordo com testemunhas, o rapaz não sabia nadar e estava sob efeito de bebida alcoólica em cima da ponte. O acidente, ocorrido por volta das 18h de quarta-feira, foi filmado por uma das integrantes do grupo e, em poucas horas, o vídeo foi divulgado nas redes sociais.

As imagens mostram vários jovens na beira da ponte do rio Jamari. Em certo momento, a mulher vai na direção de Daniel e o empurra, durante uma brincadeira. A vítima então acaba se desequilibrando e cai da ponte, momento que a gravação é interrompida.

Após cair na água, Daniel despareceu. O corpo da vítima foi localizado por mergulhadores dos Bombeiros nesta quinta-feira, cerca de 14 horas depois do acidente. Por telefone, o capitão Sued Rocha, que comandou a operação de resgate, disse que o corpo estava no fundo do rio, a poucos metros do local onde a vítima caiu.

“Lá é uma área de remanso (onde a água não tem muita corrente), então o corpo não foi arrastado para longe, o que facilitou o resgate”, salientou o oficial Bombeiro.

Após ser retirado da água, o corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) em Porto Velho para que seja atestado a real causa da morte.

“Supõe-se que ele tenha sido vítima de afogamento, mas é o IML que vai emitir laudo confirmando a causa da morte”, informou o Capitão BM Rocha.

A jovem que empurrou o rapaz e outras testemunhas foram encaminhadas à Central de Polícia, também na capital, para registro de ocorrência, uma vez que havia relatos de que Daniel tinha morrido depois de ser empurrado da ponte.

Em conversa com a Polícia Militar, antes de ser conduzido à Central de Polícia, um rapaz afirmou que Daniel havia se jogado da ponte. Dois amigos dele ainda saltaram no rio tentando salvá-lo, mas sem êxito.

A mulher suspeita de empurrar Daniel contou que ele subiu no beiral da ponte e, por estar embriagado, brincou dizendo que iria saltar, ela então teria feito menção que iria empurra-lo e ele se assustou e caiu.