“Viúva negra” é presa em cidade nordestina após matar o quinto marido

IMG-20150726-WA0276Uma mulher de 62 anos foi presa na noite deste domingo (26) no município de Ielmo Marinho, a 54 quilômetros de Natal no Rio Grande do Norte, suspeita de ter matado mais um compaheiro. Agora, segundo a polícia, a Viúva Negra, como é mais conhecida no estado, é apontada como autora de cinco mortes de namorados.

Maria Nazaré Félix de Lima confessou ter matado quatro companheiros. E justificou os crimes: “Eles me batiam”, defendeu-se. Em três destes crimes, cometidos na década de 1990, ela foi condenada e chegou a passar muitos anos presa. Há 5 anos ela estava em liberdade.

De acordo com o delegado Getúlio Torres, a última vítima de Maria Nazaré ainda não foi oficialmente identificada. “Sabemos apenas que o homem era conhecido como ‘Tico’, e que foi assassinado a pauladas”, acrescentou.

O delegado confirma que Maria Nazaré é suspeita de ter matado cinco homens, todos companheiros dela. Com três ela chegou a se casar. Contudo, ela só admite quatro assassinatos. “Eu matei quatro. Matei porque eles me batiam, me espancavam. Nunca dei sorte. Ontem eu estava embriagada, por isso matei usando um pedaço de pau. Eu estou me tremendo muito, estou arrependida”, disse ela.

Ainda segundo o delegado, Maria Nazaré permanecerá detida no destacamento da Polícia Militar de Ielmo Marinho até ser interrogada, o que deve acontecer ainda nesta segunda-feira (27). “Depois ela será levada para Taipu, para posteriormente ser transferida para uma vaga do sistema prisional feminino”, concluiu Torres. Com informações do G1/RN (Foto: Portal 190RN)