Wagner anuncia pagamento de reajuste aos professores e distribuição de 31 mil tablets

    IMAGEM_NOTICIA_5O reajuste salarial de 7% reivindicado pelos professores da rede estadual de ensino da Bahia foi confirmado nesta terça-feira (5) pelo governador Jaques Wagner. O pagamento será retroativo a novembro do ano passado e deve ser efetivado na próxima sexta (8).

    Em reunião com dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), Wagner anunciou ainda a distribuição de 31 mil tablets para os docentes baianos, em até 100 dias, em uma parceria com o governo federal. “Meu compromisso com a Educação é o de sempre, e vai continuar. Com a categoria também. Me interessa muito que a gente possa retomar o diálogo destravado de qualquer tipo de rancor e de remorso pelo que aconteceu. A página está virada”, pontuou o governador, ao lembrar do impasse no período de greve no ano passado que deixou estudantes sem aula por mais de 100 dias. “Felizmente, 95% [dos professores] cumpriu o curso, os outros 5% ainda têm agora o mês de fevereiro para conquistar a carga horária”, afirmou. Presente no encontro, o coordenador-geral do APLB, Rui Oliveira, avaliou as notícias como positivas. “Vinte e oito mil trabalhadores se inscreveram no curso e fizemos investidas nos secretários de Administração e da Educação, e agora no governador, no sentido de que os 7% fossem pagos antes do carnaval. Conseguimos.

    Vamos começar a comemorar no carnaval”, disse o dirigente, que apontou a continuidade da discussão de melhorias para a categoria, entre elas a de redução da carga horária.

    Informações do Bahia Notícias (Foto: Adenilson Nunes / Secom BA)