Wagner é acusado de cortar verba de hospital após prefeito do PSD declarar apoio a Souto

antonio_dessa_prefeito_saogoncalo_carlosaugusto_jornalgrandebahiaO prefeito de São Gonçalo dos Campos, Antônio Dessa (PSD), utilizou os microfones da Rádio Subaé de Feira de Santana para cobrar da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) o repasse de cerca de R$ 300 mil, provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o gestor, desde abril a unidade médica do município não recebe os recursos.
Furão, como é conhecido, diz que sem a verba federal, a prefeitura será obrigada a fechar as portas do único hospital público da cidade.

Na entrevista ao programa “Ronda Policial”, o gestor afirmou que a suspensão do repasse é uma retaliação por ele, que é do mesmo partido do vice-governador e candidato ao Senado Otto Alencar, declarar apoio ao candidato da principal chapa de oposição ao governo do Estado, Paulo Souto (DEM).

As informações são da coluana Tempo Presente, do jornal A Tarde.