11 deputados baianos votaram contra o aumento de verbas para os municípios

    57

    Para surpresa do governo e de integrantes dos estados produtores, a Câmara aprovou na terça-feira (6), por 286 votos a 124, o projeto de lei elaborado no Senado para definir uma nova fórmula para divisão dos royalties do petróleo. A medida vale para os contratos já existentes e para os que forem assinados em regime de partilha. Aprovado na íntegra, ele segue para a sanção presidencial de Dilma Rousseff. Ao contrário do texto que tramitava na Câmara, a proposta não tem a previsão de destinação dos lucros para a educação.

    Dos 34 deputados que compõem a bancada baiana na Câmara Federal, 11 votaram contra o projeto. Destes, nove são do PT, um do PTB e um do PR. Caso seja sancionada pela presidente Dilma Rousseff, a nova regra elevará o percentual de repasses para estados e municípios não produtores de 8,75% para 40%. Ou seja, com a aprovação do PL pela Câmara, estados como a Bahia verão seus municípios praticamente dobrar suas receitas.

    Saiba quem são os deputados baiano que votaram contra a aprovação do projeto do Senado.

    Afonso Florence (PT) – Não
    Amauri Teixeira (PT) – Não
    Emiliano José (PT) – Não
    Geraldo Simões (PT) – Não
    Josias Gomes (PT) – Não
    Luiz Alberto (PT) – Não
    Sérgio Barradas Carneiro (PT) – Não
    Valmir Assunção (PT) – Não
    Waldenor Pereira (PT) – Não
    Antonio Brito (PTB) – Não
    João Carlos Bacelar (PR) – Não

    Votaram a favor

    Acelino Popó (PRB) – Sim
    Alice Portugal (PCdoB) – Sim
    Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) – Sim
    Antonio Imbassahy (PSDB) – Sim
    Claudio Cajado     (DEM) – Sim
    Daniel Almeida (PCdoB) – Sim
    Edson Pimenta (PSD) – Sim
    Erivelton Santana (PSC) – Sim
    Fábio Souto (DEM) – Sim
    Felix Mendonça Júnior (PDT) – Sim
    Jânio Natal (PRP) – Sim
    João Leão (PP) – Sim
    José Carlos Araújo (PSD) – Sim
    José Nunes (PSD) – Sim
    José Rocha (PR) – Sim
    Jutahy Junior (PSDB) – Sim
    Lucio Vieira Lima (PMDB) – Sim
    Luiz Alberto (PT) – Não
    Márcio Marinho     (PRB) – Sim
    Mário Negromonte (PP) – Sim
    Oziel Oliveira (PDT) – Sim
    Paulo Magalhães (PSD) – Sim
    Roberto Britto (PP) – Sim
    Sérgio Brito (PSD) – Sim

    (Informações do Bocão News)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR