Gilberto Gil compõe e canta música para MARINA SILVA 40

Por: Aroldo, 19/09/2014 00:34
23 Visualizações

Vida de Marina não permite acusação de que ela vai acabar o Bolsa Família, diz Lídice

Por: Aroldo, 19/09/2014 00:31
15 Visualizações


A candidata a governadora da Bahia pelo PSB, Lídice da Mata, rebateu a falsa informação de que Marina Silva, candidata do partido a presidente da República, pretende acabar o Bolsa Família e outros programas sociais iniciados no governo Lula, conforme divulgado em propagandas do PT.

“A vida de Marina não dá a ninguém o direito de acusá-la de querer acabar um programa como o Bolsa Família”, disse Lídice, durante entrevista à Rádio Tudo FM, nesta quinta-feira (18), quando aproveitou para conformar a presença da candidata a presidente em Salvador, no próximo sábado (20), para participar de um comício no bairro de Cajazeiras, a partir das 19h.

Lídice lembrou um depoimento emocionado de Marina, mostrado na propaganda eleitoral da candidata na televisão, no qual ela conta as dificuldades de seus pais para alimentar os filhos, quando moravam no seringal, e diz que quem passou fome nunca vai acabar com o Bolsa Família.
Segundo Lídice, os ataques do PT a Marina repetem a estratégia de Fernando Henrique nas eleições que disputou contra Lula. “Só Lula sofreu algo assim, nas eleições contra Fernando Henrique, mas ninguém imaginava que o partido de Lula pudesse usar mesma metodologia para atacar alguém que tem sua mesma origem”, disse.

Ela considerou incoerente a postura do PT de tentar passar uma imagem
negativa de Marina, quando no passado a elogiava. “O que mais me choca é jogo do sinal mudado. Antes de sair do PT, ela era vista como heróica, como companheira da luta de Chico Mendes, digna de todas as notas positivas do PT. Quando saiu do governo e se colocou contra a candidatura do PT, virou, para eles, uma bruxa maldita”, comparou.
“A lógica do PT é essa: se está comigo é legal, se não está é a pior pessoa do mundo. Esse tipo de política é a velha política, que só entende a linguagem da aprovação”, concluiu.

Disputa infantil – Sobre a política local, Lídice alfinetou os candidatos do DEM e do PT, afirmando que ambos estão “infantilizando” o processo eleitoral na disputa pela televisão. “Isso de ficar falando que um é turma disso e o outro é turma daquilo mais faz lembrar a Turma da Mônica, com todo respeito ao artista que criou esse importante gibi para a literatura infantil”, ironizou.

“Se eles querem se digladiar, até podem fazer isso, mas têm que ter a coragem de assumir suas posições políticas”, afirmou.
Ela defendeu a alternância de poder como um princípio fundamental para a democracia. “Reafirmar o direito democrático do povo brasileiro de fazer a alternância do poder é um dos sentimentos que mais me movem nessa eleição”, disse.

Ao final da entrevista, Lídice prometeu manter os legados positivos tanto dos governos do DEM como do governo do PT. “Mas vou, principalmente fazer aquilo que eles não fizeram: negociar o pagamento da URV com os funcionários público, promover uma revolução na educação, melhorar a assistência à saúde no interior do Estado e criar um programa de segurança sério voltado à proteção do cidadão”.

Austera e falante, professora Marina dispensava lousa

Por: Aroldo, 17/09/2014 00:37
26 Visualizações

Ex-alunas de Marina Silva relembram perfil da atual candidata à Presidência na época em que foi docente de colégio particular de Rio Branco

Registro profissional de Marina Silva como professora de História do Colégio Meta (AC)


A professora Marina Silva chegava sempre no horário. Não costumava usar a lousa, já que se garantia no gogó: tinha muita propriedade sobre o que falava, e falava e falava – não muito diferente de hoje em dia. “Dava uma aula cheia”, afirmou uma aluna. No look, marcas registradas como as saias compridas e colares já se faziam presentes. Também já era “magrinha” e cheia de ideais que inspiravam os estudantes. De 1985 para cá, talvez a principal diferença seja o salário da ex-professora de história e atual candidata à Presidência pelo PSB. Se antes ela ganhava cerca de 1 milhão de cruzeiros por mês (cerca de 1.080 reais, corrigidos pela inflação), atualmente, só com palestras, esta cifra saltou para 41.000 reais mensais nos últimos três anos.

A postura séria e comprometida como professora é o que marcou a ex-aluna do Colégio Meta e analista judiciária Mauricília Rodrigues. “Ela tinha muita segurança no que falava e transmitia o saber com muita tranquilidade”, afirmou ao site de VEJA. “Desde essa época ela já tinha o poder de convencimento. A presença dela em sala de aula aspirava a muito respeito”, disse.

Evaristo de Lucca, dono do colégio em que Marina lecionou, em comício ao lado da candidata e do ex-presidente Lula


O dono da instituição de ensino particular de Rio Branco (AC) em que Marina lecionou por apenas um ano, Evaristo de Lucca, diz que ela era uma docente exemplar. Ele já havia sido professor dela na Universidade Federal do Acre (Ufac), onde Marina se formou em história, e foi o primeiro empregador dela após a conclusão do curso. Ele conta que Marina o procurou porque tinha dois filhos e precisava trabalhar. “Marina era do tipo de professora que falava mais do que escrevia na lousa, porque tinha boa oratória e empolgava os alunos por aí”, definiu. No ano seguinte, 1986, Marina deixou o colégio Meta para se dedicar à vida política. “Quando ela me perguntou o que achava de sair da instituição, respondi que o futuro dela era promissor e que as portas estariam sempre abertas”, disse.

A médica e também ex-aluna Sirleide Uchoa disse que se identificava com Marina porque sempre gostou de história. Segundo ela, Marina era uma excelente professora, “competente, segura e preparada”. “A grande lição que ela deixou foi a história de humildade e superação. Já sabíamos que ela era uma pessoa vinda da floresta, batalhadora. Nós, como alunos, já víamos nela a figura de uma vencedora”, complementou Mauricília.

A chance de ter tido como professora uma possível futura presidente do Brasil emociona as ex-alunas. “Eu fico lisonjeada e muito orgulhosa. O Acre é uma terra que só agora está aparecendo na mídia. Lá não tem só onça, e índio não”, exaltou Sirleide. “É um misto de orgulho e alegria”, disse Mauricília. “Foi a mão da providência divina que fez ela passar de coadjuvante a protagonista do cenário eleitoral. A vida dela deu uma volta muito grande de uma forma que ninguém esperava”, complementou.

FONTE: REVISTA VEJA

AROLDO PINTO NA TV NESTA QUARTA, DIA 17 DE SETEMBRO 2014

Por: Aroldo, 17/09/2014 00:24
19 Visualizações


Amigos e possíveis eleitores honesto de nossa Itiúba e região norte da Bahia, eu Aroldo Pinto candidato a deputado estadual pelo PSB-REDE, estarei nesta quarta-feira, mais uma vez, no horário político da TV, levando minhas mensagem para toda a Bahia. Espero que vocês atentem para sintonizar nas retransmissora de Televisão de nossa Bahia, pois quem tem parabólica só assiste do Rio e São Paulo. Vamos ouvir as propostas de nossos candidatos, para exercemos melhor o direito de escolha nas eleições que se avizinham, que será no dia 05 de outubro de 2014.

Os horário que será veiculado minha imagem na TV serão 13:00 (TARDE) e 20:30 (NOITE) no programa do PSB, de nossa Eliana Calmon, Lídice e Eduardo e claro nossa presidenta Marina Silva e Beto Albuquerque, do time do nosso 40, o mesmo do povo brasileiro que nos escolherá para governarmos o Brasil com decência.

Nota Oficial do PSB

Por: Aroldo, 10/09/2014 18:59
38 Visualizações


O Presidente do Partido Socialista Brasileiro – PSB, no uso das suas atribuições estatutárias e legais, e ainda:

I – considerando a necessidade de o Partido apresentar à sociedade sua proposta de reforma do Estado;

II – considerando que referida reforma é estratégica para a construção de uma sociedade justa, solidária e efetivamente democrática, resgatando dívidas históricas do Brasil com imensas parcelas de sua população, sempre subalternizadas, marginalizadas e despidas de direitos;

III – considerando que o Estado brasileiro deve restituir aos contribuintes, na forma de serviços públicos essenciais de qualidade, os valores arrecadados por meio de uma carga tributária hoje regressiva, portanto socialmente injusta;

IV- considerando que a reforma do Estado deve ser a mais ampla e profunda possível, buscando o aperfeiçoamento e fortalecimento dos mecanismos de representação, bem como a ampliação dos instrumentos de democracia participativa (já previstos na Constituição Federal), e valendo-se, para esse fim, inclusive das facilidades facultadas pelas tecnologias da informação;

V – considerando a necessidade de aperfeiçoamento do sistema político – hoje pervadido pela manipulação do poder político e pela influência do poder econômico a distorcer a vontade popular e afastar a cidadania das decisões políticas;

VI – considerando que a reforma política, ponto incontornável da reforma do Estado, deve consistir não em mais um remendo, um ajeitamento, uma composição de interesses menores, mas numa profunda revisão do sistema de partidos e do regime eleitoral que garanta a legitimidade do voto, o pluralismo partidário e a representação proporcional, bem como afaste as manipulações do poder político e do poder econômico;

VII – considerando a necessidade de salvaguardar o pacto federativo, reduzindo as disparidades regionais agravadas ao longo do processo histórico,

RESOLVE:

Instituir Grupo de Trabalho-GT, para desenvolver e formular referida proposta e apresentá-la à Comissão Executiva Nacional do PSB, no prazo máximo de 45 dias, a partir da presente data.

Referido GT será integrado por:

1- Pedro Dallari;

2- Luiza Erundina;

3- Rafael Carneiro;

4- Carlos Siqueira (Coordenador);

5- Henrique Mariano;

6 Pedro Amaral.

Caberá à Fundação João Mangabeira – FJM, órgão encarregado da formulação de políticas públicas do Partido, oferecer ao GT o suporte necessário ao desenvolvimento e cumprimento dos seus objetivos.

Brasília-DF, 10 de setembro de 2014.

Roberto Amaral

Presidente do Partido Socialista Brasileiro-PSB

Portal PSB 40

NOTA DE AROLDO PINTO PSB 40.777 DEPUTADO ESTADUAL

Por: Aroldo, 10/09/2014 13:26
40 Visualizações

CAROS ELEITORES BAIANOS E ITIUBENSES:

Aroldo Pinto e o vice de Marina, Beto Albuquerque


CHEGA DE PT E PSDB, ESSA BURRA POLARIZAÇÃO. CHEGA DE TANTA MENTIRA. QUEM VOTAR NELES, COMO ELEITOR, NÃO TEM O DIREITO DE SE QUEIXAR DEPOIS. SEI O QUE PASSO POR SER HONESTO NA POLÍTICA E GOSTAR DO BEM E DE DEUS. EM MINHA CIDADE, SOFRO MUITOS BOICOTES, TENDO QUE VER NOSSO POVO ACEITAR CANDIDATOS “COPA DO MUNDO” PELA IMPOSIÇÃO DO DINHEIRO SUJO E DA MENTIRA. IMAGINEM QUE TENTAM PASSAR PARA O MEU POVO QUE NÃO SOU NEM CANDIDATO. SÃO IMUNDOS MESMO. ISSO NÃO É POLÍTICA, É SIM, IMUNDICE. MAS, O ELEITOR NÃO PODE SER BURRO. SOU SIM, CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL, PELO PSB, COM O NÚMERO 40.777. OS DEMAIS CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAIS QUE ESTÃO PEDINDO VOTOS EM ITIÚBA, NÃO APOIAM MARINA SILVA, E CABOS ELEITORAIS INESCRUPULOSOS QUEREM SE APROVEITAR E MENTIR PARA NOSSO POVO. AROLDO PINTO É SIM CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL COM O NÚMERO 40.777.

OS QUE ESTÃO COM MALDADE COMIGO, ME “COZINHADO” DENTRO E FORA DO PARTIDO, EU ENTREGO A DEUS, E SEI QUE LOGO FARÁ JUSTIÇA! NÃO COMPREENDO COMO INDIVÍDUOS PREFEREM SE PREJUDICAR PARA NOS PUXAR PARA OS UMBRAIS, NOS ACORRENTANDO E NOS PRIVANDO DA COMUNICAÇÃO COM O POVO BAIANO. LUTEI MUITO E QUERO CONTINUAR LUTANDO. NUNCA FUI ELEITO AINDA, JAMAIS OCUPEI CARGOS POLÍTICOS E NUNCA FIZ, MUITO MENOS FAÇO PARTE DE MÁFIAS QUE VIVEM A DISSECAR O ERÁRIO DE NOSSA NAÇÃO. ELEITORES ME PERGUNTAM POR QUE NÃO TENHO GRANDES APOIS E ELES MESMOS RESPONDEM: “É PORQUE, AROLDO PINTO, VOCÊ É UM HOMEM BOM E HONESTO.

SOU CANDIDATO A DEPUTADO ESTADAUL PELO PARTIDO DE MARINA SILVA, MAS JÁ ESTOU NO PSB HÁ 15 ANOS, SEMPRE FIEL, SEM TRAIR A BANDEIRA SOCIALISTA. MUITA COISA SINISTRA ESTÁ ACONTECENDO, MAS NÃO MUDO DE LADO E NÃO ABRO MÃO DE MINHAS CONVIÇÕES, QUE NÃO VAI DE ENCONTRO AO QUE ESTÁ ESCRITO NO NOSSO ESTATUTO PARTIDÁRIO. MEU BLOG SERVIU POR ANOS PARA ALAVANCAR A PRÉ-CAMPANHA DE EDUARDO CAMPOS, ONDE CHEGUEI A ME COMUNICAR COM BETO ALBUQUERQUE QUE SEMPRE PENSOU EXATAMENTE IGUAL A MIM, CHEGANDO EU, ANTES DE BETO NEM SONHAR, EM SER ESCOLHIDO VICE DE MARINA, CHEGANDO A ATÉ, PROFETICAMENTE ABRIR UM PERFIL DELE EM MEU BLOG DO AROLDO PINTO, O QUE PODE SER CONSTATADO, CONFORME DATA DA MATÉRIA. NÃO VAMOS DESISTIR DE ITIÚBA, DA BAHIA MUITO MENOS DO BRASIL, MAS TEMOS QUE FICARMOS ATENTOS COM PESSOAS QUE SÓ PENSAM NO MAL, QUE ESTÃO A SERVIÇO DAS TREVAS. O QUE MARINA PASSOU EM SUA TERRA, COMO BOA PROFETA, EU PASSO NA MINHA, MAS SEI QUE EXISTE MUITA GENTE BOA E SÁBIA QUE NÃO TOLERA MAIS ESSE MODELO DO REINO DO DINHEIRO SUJO E DA MENTIRA. PEÇO A TODOS QUE ME DÊ UM VOTO DE CONFIANÇA, EM 05 DE OUTUBRO DE 2014, O MEU NÚMERO É 40.777 E NÃO VAMOS ESQUECER DE VOTAR LÍDICE 40, ELIANA CALMON 400, E CLARO MARINA E BETO 40 PARA MUDAR DE UMA VEZ, PARA BEM MELHOR, NOSSO PAÍS.
OBRIGADO!

AROLDO PINTO
PRESIDENTE DO PSB DE ITIÚBA
CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL PELO PSB 40.777

Datafolha mostra Marina com 34%, Dilma, 34% e Aécio, 15%

Por: Aroldo, 30/08/2014 00:05
39 Visualizações

Pesquisa mostra Dilma e Marina empatadas no 1º turno; candidata do PSB venceria 2º turno


A candidata à presidência do PSB, Marina Silva, ganhou 13 pontos porcentuais em intenções de voto em relação à última pesquisa Datafolha, segundo novo levantamento divulgado pelo instituto na noite desta sexta-feira, 29. A candidata do PSB tinha 21% das intenções no dia 18 de agosto e agora tem 34%.

A presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) oscilou de 36% para 34%. Com esse resultado, Marina e Dilma estão empatadas no primeiro turno. O candidato do PSDB, Aécio Neves, teve uma queda de 5 pontos porcentuais e agora tem 15% das intenções, ante 20% do levantamento anterior.
O Pastor Everaldo (PSC) tinha 3% e agora tem 2% das intenções de voto. Os demais candidatos não atingiram 1% das intenções. Brancos e nulos eram 8% e agora são 7%. Não souberam ou não opinaram oscilou de 9% para 7%.
Segundo turno

O Datafolha testou ainda dois cenários para o segundo turno. No primeiro, entre Marina e Dilma, a candidata do PSB abriu 10 pontos porcentuais de vantagem. No último levantamento, feito há 11 dias, Marina aparecia com 47% e agora tem 50%. Dilma tinha 43% e agora tem 40%. O total de brancos e nulos oscilou de 6% para 7%. E não souberam ou não opinaram, oscilou de 4% para 3%.
No segundo cenário avaliado pela pesquisa, Dilma venceria Aécio. Nesta simulação a presidente tinha 47% e agora registrou 48%. Já o tucano tinha 39% e oscilou para 40%. Brancos e nulos se mantiveram em 9% e não souberam ou não opinaram oscilou de 5% para 4%.

O levantamento do Datafolha, encomendado pela Folha de S. Paulo e pela Rede Globo, foi feito entre 28 e 29 de agosto, com 2.874 eleitores em 178 municípios do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR-00438/2014 e tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de confiança de 95%.

Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO

PRE-BA recorre ao TSE contra a candidatura de 16 candidatos na Bahia, Severiano Alves e Cecília estão no balaio

Por: Aroldo, 24/08/2014 16:49
64 Visualizações


A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) recorreu ao Superior Tribunal Eleitoral (TSE) contra os registros de 16 candidaturas impugnadas pelo órgão por inelegibilidade decorrente de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) ou dos Municípios (TCM). O pedido de impugnação acabou rejeitado pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRT-BA), que entendeu que a competência para a rejeição das contas é da Câmara de Vereadores. A Procuradoria recorreu ao TSE contra o registro das candidaturas de Carlos Augusto Silveira Sobral, Carlos Caraíbas de Souza, Carlos Robson Rodrigues da Silva, Cecília Petrina de Carvalho, Hermenilson Ferreira Carvalho, Hildécio Meireles, Jânio Natal, Joaquim Belarmino Cardoso Neto, José Luciano Santos Ribeiro, José Nilton Azevedo Leal, José Raimundo, Joseildo Ramos, Jusmari Oliveira, Luiz Caetano, Moema Gramacho e Severiano Alves. Esta semana, a PRE-BA conseguiu barrar, com base na Lei Ficha Limpa, os pedidos de candidatura dos candidatos a deputado federal Adalberto Lélis Filho (Beto Lélis) e José Carlos de Jesus Rodrigues (Zé Carlos da Pesca), além do candidato a deputado estadual Silvio José Santana Santos, o Silvio Ataliba.

Fonte: BAHIA NOTÍCIAS

“Nosso real adversário é o PT, e não Marina Silva”, diz Aécio Neves

Por: Aroldo, 22/08/2014 17:34
57 Visualizações

O candidato à presidência da República Aécio Neves (PSDB) declarou nesta terça-feira (19) que o verdadeiro oponente de seu partido é o PT, e não Marina Silva (PSB), cuja candidatura pode ser oficializada amanhã (20).


“Tenho respeito pessoal pela Marina, ela terá oportunidade de defender as ideias nas quais acredita e continuaremos apresentando as nossas. (…) O nosso antagonismo continua sendo com o PT, que é o nosso real adversário”, afirmou o tucano.

Em visita a Dourados (MS), Aécio voltou a criticar o aparelhamento do Estado e a incapacidade de o governo petista estabelecer parcerias com o setor privado, o que estaria levando o Brasil “a ter um dos piores crescimentos na nossa região” e a uma alta taxa de inflação.

Ele também atacou os programas sociais do governo Dilma Rousseff: “O PT optou por uma política social de administração da pobreza. Nós, por outro lado, estamos apresentando propostas que buscam a superação da pobreza”.

Partidos reafirmam compromisso com a Coligação Unidos pelo Brasil

Por: Aroldo, 22/08/2014 17:21
40 Visualizações

Eduardo Campos, Aroldo Pinto candidato a deputado estadual (40.777) no centro e Marina Silva, todos 40


Candidata à Presidência da República pela Coligação Unidos pelo Brasil, Marina Silva afirmou nesta quinta-feira (21) que os partidos da aliança seguem unidos em torno de sua candidatura e reiterou que os compromissos assumidos serão honrados por ela e seu candidato a vice, Beto Albuquerque. Acompanhada pelo presidente Nacional do PSB, Roberto Amaral, Marina participou de reunião com dirigentes do PPS, PPL, PHS, PRP, PMN; na sede do PSB em Brasília. Dirigentes do PSB e da Rede Sustentabilidade, grupo político da ex-senadora, também estiveram presentes. Cumprindo agenda fora da capital federal, o presidente do PSL, Luciano Bivar, não participou do encontro, mas será procurado por dirigentes do PSB. O Partido Socialista Brasileiro continua trabalhando para fazer o registro da nova candidatura nessa sexta-feira, 22/08.

“O PSL não estava aqui por uma questão de circunstâncias pessoais, mas todos estão dispostos a dar continuidade a esse projeto político”, afirmou a candidata. “Continuamos unidos. Os partidos que compõem a aliança que se iniciou com o trabalho de Eduardo Campos darão continuidade a esse legado, na forma do nosso programa, e no arranjo que ele havia estabelecido para dar base de sustentação a esse programa”, acrescentou.

Segundo ela, o esforço dos dirigentes é para manter as legendas unidas em torno do programa de governo e dos compromissos assumidos perante a sociedade. “O nosso esforço é para unir cada vez mais o Brasil, em torno de uma agenda de mudanças”, disse Marina. “Mudanças nas prioridades das escolhas que fazemos para a educação, saúde, infraestrutura, para o cuidado das nossas crianças e dos nossos jovens, simbolizada na idéia de educação em tempo integral, do passe livre, de todas as propostas que ele já havia anunciado e que nós, agora, temos a responsabilidade de dar continuidade a esse trabalho”, enfatizou, citando o ex-companheiro de chapa Eduardo Campos.

Panorama Theme by Themocracy