A natureza da política x vontade de dominar até a opinião dos outros

Por: Aroldo, 22/11/2014 23:42
24 Visualizações

Centro de Itiúba


O que um líder político acha que o povo pensa, quando esse mesmo povo os vê negociando votos abertamente com deputados estaduais que vem à Itiúba não por compromisso, mas apenas para completar seus votinhos comprados, aceitará com naturalidade e respeitará o que essa casta política vende ou fala?

Por outro lado, como o eleitor pode cobrar honestidade dos políticos, se vendendo abertamente. Aí não adianta fingir indignação com o que está acontecendo com a Petrobrás.

Vejo quem convive e vivencia os problemas do dia-a-dia, não dando valor aos líderes da terra. Poderíamos ter um verdadeiro representante num processo estadual, fabricado pelo povo de Itiúba, aliás como ocorre em todos os minicípios, infelizmente, com exceção de minha querida Itiúba.

A corrupção dos políticos é conseqüência da escolha da maioria do eleitorado. Se um grupo apoia um filho da terra lutador honesto, encantaria o coração mais insensivel, todavia não é o que acontece.

ITIÚBA: A verdade sobre a política itiubense, o futuro é previsível

Por: Aroldo, 21/11/2014 21:23
84 Visualizações


Tomei a decisão de permanecer na política, apesar de ainda não ter sido eleito a nada. Encaro essa preciosa ciência como algo prazeroso e necessário para a organização de uma sociedade equilibrada. Existe um aparente caos social, mas não devemos nos entregar. Há uma necessidade evidente e solar de novas opções, porém o jogo é muitas vezes perverso e desleal. Às vezes fico tentando compreender pessoas que se insurge como moralistas, mas que já estão queimados na sociedade, até mesmo participaram de modo desonesto de outras administrações com o desejo doentio de apagar o nome deste modesto líder político. No entanto, percebo que devo seguir em frente com minhas convicções, e acima de tudo vontade de vir o progresso em nossa municipalidade.

QUAL O RUMO?

Muitos funcionários públicos municipais estão prestes a receber precatório da prefeitura municipal de Itiúba, mas lembram, em sua grande maioria, que para atingir essa importante conquista, bem no começo, enfrentei tudo e todos, protestando e concedendo centenas de entrevistas nas rádios de nossa região. As lutas se somaram, e sempre visando o povo, os outros, sem ligar para mim mesmo, muito menos para os efeitos das repercussões de tanta polêmica, coragem e muita ousadia. A partir daí fui à Brasília, Salvador, fazendo três greves de fome, a primeira foi a favor do servidor público do estado da Bahia, o que culminou na vitória em primeiro turno do governador Jaques Wagner, no ano de 2006, em que pese que fui candidato a deputado estadual em seu palanque. Depois, lutei pela aprovação da PEC DOS VEREADORES e LEI DA FICHA LIMPA. Estou inclinado a sair candidato a VEREADOR em 2016. Contudo busco apoio e procuro enxergar verdadeiros parceiros leais, que não sejam falsos, muito menos queira apenas me usar.

OS RUMOS DA POLÍTICA NA ATUALIDADE

Netinho já foi duas vezes prefeito, mas foi derrotado 03 vezes, e desistiu, passando o bastão para Edinho do Correio que foi derrotado pelo Banga do PT. Dificilmente conseguirá emplacar uma candidatura a prefeito, mesmo porque os investidores e empresários não querem. Edinho do Correio se enfraqueceu muito. Cecília sem Banga e sem o poder é uma candidata como qualquer outro, sem força e sem brilho, com uma certa idade, demonstrou que não conta com amigos leais, pois fez péssimas escolhas. Conhecendo Itiúba, como de fato e de direito conheço, digo que poder é poder, não para mim, mas para a maioria e a chance maior é a do Banga mesmo. Essa estória de desgaste e raiva é conversa fiada. Sou prova viva de que para muitos aqui, a raiva passa e a força da grana que ergue e destrói coisas belas é que elege quem tem muito dinheiro ou quem está no poder. E não adianta discordar, veja o que aconteceu nas urnas no pleito de 2014 e me digam se o dinheiro em Itiúba não é o diferencial? Venci o debate? Não sei, muitos dizem, mas sem grupo (precisa de muito dinheiro para fazer um), e sem estrutura (mais dinheiro), o próprio povo, especialmente os cabos eleitorais de plantão é quem diz: NÃO ADIANTA! Portanto, se a mentalidade mudar, quem sabe um dia possa retomar esse sonho de governar nossa terra. Mas, eu vou pacientemente tentar uma humilde cadeira na Câmara de Vereadores. Quanto aos nomes que surgirão, não teremos grandes surpresas, mesmo porque para ser candidato, demanda ou carece de tempo, e fabricar uma candidatura de quem mora fora, não funciona nem mesmo com milhões. Aqui temos jovens, como Franklin, Rogério e outros, mas ainda precisa de muita conversa e reuniões. Por enquanto, que dá a bola para fazer o gol é o Banga do PT mesmo.

PSB inicia processo de reorganização do partido na Bahia

Por: Aroldo, 20/11/2014 18:05
18 Visualizações


A Executiva Estadual do PSB da Bahia realizou, na última sexta-feira (07), a primeira reunião de avaliação do desempenho da legenda nas eleições de 2014. O partido elegeu o deputado federal Bebeto Galvão, os deputados estaduais Fabíola Mansur e Pastor Manassés e por uma diferença de apenas cinco mil votos não elegeu o candidato Capitão Tadeu como segundo deputado federal. Com esse resultado passa a contar com representante no Senado Federal, na Câmara e na Assembleia Legislativa, além de vereadores na Câmara Municipal de Salvador e outros municípios.

Durante o encontro foi analisada a extrema dificuldade que a legenda enfrentou este ano, uma vez que ousou em tentar criar uma terceira via no processo eleitoral oferecendo uma alternativa ao eleitorado que quebrasse a polarização PSDB X PT no Brasil e DEM X PT na Bahia e as graves consequências que o acidente que ceifou a vida de Eduardo Campos e outros companheiros trouxe a campanha.

Na avaliação do partido a candidatura de Marina Silva à Presidência da República, não conseguiu impulsionar nenhuma das candidaturas do PSB na Bahia nem no Brasil, e a força do voto útil, usado pelo DEM e pelo PT, inviabilizou a candidatura de Lídice da Mata ao governo da Bahia . A isso se somou a força das máquinas, o pouco tempo de televisão, a alianças políticas e a ausência de apoio financeiro que levou, nesta eleição, a derrota da proposta de terceira via no processo eleitoral.

Dentro do próprio partido a adesão à proposta foi pequena, o que levou a Executiva Estadual a decidir pela destituição de todas as comissões provisórias e constituir uma comissão organizadora composta por 11 membros para reorganizar a legenda no Estado. Uma próxima reunião, em data ainda a ser definida, tratará da organização já com vistas às eleições de 2016 e suas possibilidades de ampliar o número de prefeitos e vereadores socialistas eleitos.

A fidelidade de alguns membros do PSB chamou a atenção de muitos na Bahia, citando-se como exemplo o caso de Itiúba, em que o líder político Aroldo Pinto segue todas as determinações do partido, inclusive apoiando toda a chapa do 40, até mesmo no segundo turno tomou o mesmo rumo que a Senadora Lídice da Mata, apoiando Dilma Rousseff.

Itiúba: Jornalista Marcelo Miranda faz análise sobre política itiubense, atualmente

Por: Aroldo, 19/11/2014 20:52
55 Visualizações

FAVOR CLICAR EM CIMA DA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA, CASO TENHA INTERESSE DE LER:

Fiquei muito grato com o reconhecimento do meu amigo jornalista Marcelo Miranda, apesar de acrescentar apenas que não pretendo ofuscar o brilho de ninguém, pois todos tem sua importância individualmente falando. Mesmo porque, uma Câmara de Vereadores funciona com extrema harmonia e espírito coletivo. Hoje, com algum acumulo de experiência, pretendo somar, acrescentar e dá minha modesta colaboração para o legislativo mirim. Não foi sem razão que fiz até greve de fome para recompor todas as Câmara brasileiras.

Itiúba: A luz do Viaduto Lauro Farani Pedreira de Freitas, feito por Belarmino Pinto, é revitalizada pelo prefeito Banga

Por: Aroldo, 18/11/2014 21:31
28 Visualizações


O prefeito Silvano Carvalho, popular Banga, faz História com um gesto de simplicidade, modéstia e reconhecimento com pessoas que fazem parte da construção de Itiúba. O Viaduto no centro da cidade, uma obra arquitetônica de grande valor histórico para nossa cidade, foi revitalizado pelo prefeito atual, dando luz à Praça da Matriz, chamando a atenção de visitantes e moradores que passam diariamente pelo viaduto. Muitos prefeito passaram pela prefeitura, mas se esqueceram de fazer coisas simples, mas que tem um grande valor para as famílias itiubenses. A placa já estava apagada, sem reconhecimento de quem foi homenageado, no caso Lauro Farani, que segundo moradores que viveram nos idos de 40 e 50 Lauro Farani de Freitas conhecia Belarmino Pinto, que inclusive teve o prazer de receber em sua casa o governador Reges Pacheco que dormiu em seu famoso sobrado (antiga residência de Belarmino Pinto), que até hoje existe.

Parabéns ao prefeito Banga que conseguiu enxergar o valor desse viaduto, mais até do que muitos que se dizem intelectuais e fomentadores da cultura.

VIADUTO LAURO FARANI, NO CENTRO DE ITIÚBA – BAHIA

Retorno ao trabalho após campanha de deputado estadual e apoio a Dilma Rousseff no 2º turno

Por: Aroldo, 12/11/2014 15:06
86 Visualizações

Aroldo Pinto na ADAB, servindo ao povo de Itiúba, antes da represália da ex-prefeita Cecília


Na ADAB, fiz um trabalho voltado para o homem do campo, ao lado de Magno Góis em que pese o mesmo já ser o responsável, saí para ser chefe da Cesta do Povo de Itiúba, Ba, licenciado. Mas, era o lugar em que fiz meu trabalho quando a ex-prefeita Cecília, por questão meramente política, não permitiu o meu retorno. Mas, hoje me encontro a disposição do município, o onde sou funcionário público concursado da Administração Direta, há mais de 16 anos. Fico no aguardo da decisão do Chefe do Poder Executivo.

PEDIDO FEITO MAIS UMA VEZ AO ATUAL PREFEITO BANGA, NO INTUITO DE RETORNAR AO TRABALHO:

PEDIDO DE RETORNO AO TRABALHO, AROLDO PINTO É CONCURSADO HÁ MAIS DE 16 ANOS

ITIÚBA: A política já foi elevada, hoje pega fogo. 2016 vem aí com jovem revelação de Franklin e outros

Por: Aroldo, 12/11/2014 11:54
259 Visualizações

Aroldo Pinto será candidato a vereador e relembra sua luta NACIONAL da PEC DOS VEREADORES


Itiúba, terra que no passado havia todo um charme na política, de bom nível, ao contrário, para ser comparada, com o que ocorre nos dias atuais. No tempo do paladino Belarmino Pinto de Azerêdo, primeiro prefeito desta municipalidade, havia um respeito muito grande, até mesmo pelo adversário. Política passava, a amizade continuava. Atualmente, colocaram na cabeça de nossa juventude, de propósito, que política é negócio e que somente alguns merecem ser isso ou aquilo, quando na verdade o que se vê, são a inversão de valores e uma clara distorção do que é, na verdade a política. A Câmara de Vereadores nessa época, dos prefeitos Belarmino Pinto e Benedito Pinto foi elogiada pelo famoso Luiz Gonzaga e até comparada com a Câmara de deputados, de Rogério Bento Pitanga, escritor Robério Azerêdo, Osvaldo Campos e outras proeminentes figuras itiubenses que sempre respirou a sofisticação e ares da Capital Salvador, ligada pela estrada de ferro. A população respeitava as autoridades, porque existia uma postura ética por parte destes.
Itiúba usurpada dos verdadeiros itiubenses
Em cada esquina as pessoas falam com naturalidade de roubos e desvios feitos por políticos, e práticas desonestas de quem já esteve e está no poder, como se todos os políticos ou pretendentes a cargos públicos fossem iguais e pretendessem o mesmo, apenas o dinheiro do povo. Não há um respeito, não há a presença da autoridade que demonstra lisura e competência, na cabeça das pessoas. Palavras de baixo calão e ofensas morais, em cada lugarzinho do município de Itiúba. O que aconteceu? A sociedade se degenerou, juntamente com os políticos? É falta de Educação moral e cívica nos colégios? Acredita-se que pessoas que estiveram com a “caneta na mão”, que passaram pela prefeitura, não teve pulso suficiente ou de propósito fez escolhas e laboratórios que levou ao entendimento atual e a balbúrdia que hoje reina na política municipal. A gestora passada, a senhora Cecília, andou incentivando vários comerciantes e chefes de setores a se prepararem para ocupar a prefeitura, inundando a cidade de pretensos candidatos a prefeito e os fez enxergar a prefeitura como uma verdadeira corrida atrás do ouro, provocando um verdadeiro caos social e total inversão dos valores, não é à toa que deixou muitas obras importantes sem serem concluídas. Já o prefeito atual, por incrível que possa parecer, está tentando ajustar as coisas, ao que tudo indica. E não concluiu seu mandato, portanto, as obras poderão ser concluídas. E o que é mais importante, não fica inundando a cidade de candidatos para depois ter o caro apoio destes.

Banga acertou em apoiar Josias Gomes e lhe passou a maior votação para deputado federal


Aécio é neto de Tancredo Neves, ACM é neto do velho Antonio Carlos Magalhães, o nosso saudoso e insubstituível Eduardo Campos era neto de Miguel Arraes, eu sou apenas sobrinho neto do baluarte da política de Itiíuba, Belarmino Pinto de Azeredo, mas me orgulho mesmo é de ser filho do homem mais honesto do mundo, Rômulo Pinto de Azeredo. Há um preço a pagar em tentar desmoralizar as famílias tradicionais utilizando-se do poder, do dinheiro público. Essa conta tem que ser prestada, como bem dizia o padre Airton Siqueira. A base de uma sociedade que se possa respeitar e ser respeitada são as famílias organizadas e estruturadas. Jogar irmão contra irmão, dividindo as famílias e invertendo os verdadeiros valores é precipitar o Apocalipse aqui na terra.
O que vai acontecer em 2016?

O quadro para 2016 mudou, Aroldo Pinto vai para VEREADOR, Edinho perdeu o grupão e Franklin apareceu e Cecília se enfraqueceu


A julgar pelo que aconteceu agora no pleito de 2014, que serve apenas como um dos parâmetros do que poderá acontecer em 2016, houve um esfacelamento dos grupos, uma grande divisão, jamais vista neste município. Mas, todavia, houve fortalecimento de algumas correntes ou grupos familiares. A família de Arlete e Paulinho da Farmácia, se fortaleceu, ganhou peso político, com a presença marcante do jovem Franklin da Farmácia Vida, tendo passado uma excelente votação para deputado Tom Araújo, mesmo tendo várias candidaturas em Itiúba, o que demonstra e tino político. O advogado Fred, também montou um grupo político e passou boa votação para seu candidato a deputado estadual, estreante na política da Bahia, marcando um gol de placa e demonstrando habilidade política. A votação do deputado Luciano Simões não surpreendeu, apesar de se fazer mais presente do que o seu pai, porém é um jovem político e se elegeu com boa votação para deputado estadual, podendo se mostrar presente na política itiubense com vista ao pleito de 2016. Sua família tem tradição em Itiúba, sendo neto de pessoas muito queridas. Sandro Vespasiani, tentou emplacar seu filho Sandrinho na política, de olho nas eleições de 2016, e montou um grande grupo, apoiando o milionário Alex da Piatã, passando votação razoável para este. O que ficou claro é que não se sabe ainda, quem de fato vai ser oposição ao projeto do atual prefeito, que já está toda rachada (a oposição), sem se posicionar de fato. O que se espera é um maior discernimento por parte do eleitor, pois após uma tempestade vem sempre a calmaria. Quando o processo se afunilar não ficarão tantos candidatos.
Pretensões confusas

Antigas lideranças sendo escanteadas, o novo surgindo


Há quem diga que a briga de Cecília com o atual prefeito é para confundir a cabeça do eleitorado e do povo de modo geral, mas assim como Lula fez com Dilma, Banga tem todo o direito de ser novamente candidato e brigar com todas as forças e vigor pelo sua reeleição. Para isso tem que provar que não tem as mesmas práticas de Cecília e jogar limpo com os políticos e a população, pois todo mundo cresceu e apareceu. Se quiser ser reeleito tem que montar uma boa equipe e trabalhar muito para reverter o desgaste e a herança maldita do segundo mandato de Cecília. Essa política de 2014 foi fácil ser notada a quantidade de lideranças políticas que viraram as costas para a ex-prefeita Cecília, o que denota uma falha em suas escolhas, em se tratando estratégia política, mesmo porque além de perder para deputada estadual com pouca votação na Bahia, ainda por cima seu deputado federal Emiliano não conseguiu a sua reeleição, outro grande erro de Cecília, pois deveria ter apoiado o mesmo deputado federal do prefeito Banga, teria se fortalecido mais. Ao invés disso, atrapalhou um pouco o atual prefeito. Mas, o que podemos notar é surgir nomes como o filho do Paulinho da Farmácia, Franklin, Rogério Móveis e outros que podem surpreender, Edinho vai ter muito trabalho para juntar o mesmo grupo de 2012, mas também é um nome. Não pode é se iludir em ser vice de Cecília, algo longe da realidade. Aroldo Pinto será mesmo candidato a vereador, mas com uma nova metodologia para ocupar uma das 13 cadeiras da Câmara de Vereadores, Câmara esta que lembra sua luta pela ampliação das vagas, em Brasília, registrada em todos os jornais escritos e falados do Brasil e até da América Latina.

BC surpreende e eleva juros para 11,25% ao ano em decisão dividida

Por: Aroldo, 29/10/2014 21:42
78 Visualizações


Por Luciana Otoni

BRASÍLIA (Reuters) – Em decisão surpreendente, o Banco Central decidiu elevar os juros nesta quarta-feira, para 11,25 por cento, alegando que aumentaram os riscos para a inflação desde a última reunião em setembro, em um movimento visto por agentes do mercado como sinal de mudança na condução da política monetária.

A decisão, que não contou com o apoio de todos os membros da diretoria do BC, vem três dias depois da reeleição da presidente Dilma Rousseff para um segundo mandato, justamente em um momento em que os agentes econômicos, descontentes com os rumos da economia, buscam sinais de mudança na condução da política econômica.

“É uma surpresa para o mercado, mas é surpresa boa. É sinal de que é decisão para restabelecer a confiança no compromisso com a redução da inflação ao longo do tempo”, disse o economista-chefe da INVX Global Partners, Eduardo Velho.

Em comunicado, o BC disse que a “intensificação dos ajustes de preços relativos na economia tornou o balanço de riscos para a inflação menos favorável”.

“À vista disso, o Comitê considerou oportuno ajustar as condições monetárias de modo a garantir, a um custo menor, a prevalência de um cenário mais benigno para a inflação em 2015 e

2016″, disse o BC em comunicado.

Cinco diretores, inclusive o presidente do BC, Alexandre Tombini, votaram pela elevação de 0,25 ponto percentual, enquanto três votaram pela manutenção da taxa de juros em 11 por cento.

Pesquisa da Reuters mostrou que todos os 43 analistas consultados esperavam a manutenção da Selic.

Desde abril deste ano, quando a taxa passou de 10,75 por cento para 11 por cento, o BC não elevava a taxa de juros, apesar da inflação ter rompido o teto da meta em vários momentos.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula alta de 6,75 por cento em 12 meses até setembro, maior nível em quase três anos, acima do teto da meta do governo, de 4,5 por cento, com margem de dois pontos percentuais para mais ou menos.

A expectativa é que o aperto monetário continue nas próximas reuniões.

“Decisão de hoje é sinalização de alteração na condução da política monetária. O Copom não deve parar por aí, deve ser o reinício de um ciclo de aperto monetário”, disse o economista-chefe do Espírito Santo Investiment Bank, Jankiel Santos.

O economista-chefe do Banco J.Safra, Carlos Kawal, disse que o BC pode inclusive intensificar o ritmo de aperto nas próximas reuniões. “É possível aumentar o ritmo de alta para 0,5 ponto percentual em dezembro, 0,5 ponto percentual em janeiro e 0,25 ponto percentual na reunião seguinte”, disse.

A decisão também pode sinalizar que o governo irá usar também a política fiscal para conter a inflação, disse Eduardo Velho.

“Essa alta surpreendente indica que possivelmente a âncora monetária e a âncora fiscal serão usadas para combater a inflação e não somente a âncora cambial”, disse, acrescentando que o mercado deve reagir positivamente a decisão.

(Reportagem adicional de Flavia Bohone, em São Paulo)

Brasil: país continental de gente inteligente; Nordeste uma parte do todo

Por: Aroldo, 29/10/2014 18:33
77 Visualizações

Em 2006, na Barra, em Salvador, na reeleição de Lula, na foto o então presidente abraça Aroldo Pinto.


Sou baiano, filho de Itiúba, minha atual morada, fica no centro norte da Bahia, no Sertão, quase vizinho às terras por onde Antonio Conselheiro fez muita lambança, mas deu um grito bem forte dos excluídos do nosso Nordeste, porém o Exército das terras do Sul, da velha Guanabara, massacrou o sonho de liberdade, da coletividade e da igualdade social. Épocas sombrias, onde se cultuava a beleza das Senhoras de Engenhos e as longas cavalgadas dos coronéis que reproduziam a cultura da política café-com-leite. Naquela época, pobre era pobre, sem direito nem a sonhar. O que permeiava nas rodas da pequena casta de bandidos de chibatas e botas, com títulos comprados (de coronéis) ou dados por tubarões da política nacional era o quanto era chique se ter bastante escravos. De lá para cá, muita coisa, materialmente falando mudou, mas a mentalidade continua reticente e no passado, por parte de muitos coronéis das bolsas de valores, de homens que discutem sobre mansões em Mime, fazem reuniões no Wall Street e na Avenida Paulista, mas queixando-se, na visão deles, do alto salário mínimo no Brasil.

Morei e trabalhei em São Pulo no comecinho da década de 90 e não acredito que essa fala burra, absurda parta dos paulistas em sua totalidade. Claro, se verificar com cautela, perceberá que é um sentimento de poucos, que passa para muitos, com pouco esclarecimento ou para indivíduos que ostentam o que não possuem e gostariam de possuir. Vamos medir o cérebro e a conta bancária de Chico Buarque e de Caetano Veloso, e saberemos que não se pode generalizar em nada. Sem querer ser sarcástico, mas sim objetivo, perguntemos a um cara que ganhou e ganha muitos milhões, que deve estar investindo não bolsa de valores, não sei, o Neymar: – quantas obras literárias o mesmo já leu em toda a sua vida, mas não vale Pelezinho, Mônica ou Cascão. Portanto, se o critério for comparar, nos perdemos em exemplos, que só ajudarão o PT e a Dilma. Portnato, nessa guerra virtual, em que todos perdem, devemos dar uma trégua, porque não acredito que um único brasileiro, sequer, dos mais de 200 milhões, queira desmoralizar nossa empresa, símbolo, a Petrobrás, diminuir a importância dos irmãos nordestinos ou paulistas. Ninguém ganha numa guerra fratricida, ainda que seja em ofensas ou palavras. Vamos dar as mãos. Somos fortes JUNTOS. O Brasil unido jamais será vencido.
E se olharmos para o atual exemplo dos EUA, uma das nações mais preconceituosas do mundo, com relação aos negros, de duradoura hegemonia branca na política, eles reelegeram um negro, em que pese que sua avó vive no Quênia, bem perto do ebola, bem perto da pobreza, mas bem longe da riqueza que hoje é o Nordeste. Pense nisso e pare de ser burro, vamos defender o Brasil. Pergunte ao seu professor de História o que representa um negro ser presidente dos Estados Unidos, um operário ter sido eleito por duas vezes presidente de um país que respira o capitalismo e ainda uma mulher ser reeleita presidenta de um páis, aonde mais de 90% dos políticos são homens… Caros irmãos, e logo agora que uma jovem negra da Bahia vai apresentar o seu projeto em Harvard, e a julgar pela sua idade, é a cara do novo Brasil de Lula e Dilma Rousseff que nos enche a cada dia de orgulho.

Aécio critica ida de fábrica para Pernambuco, no nordeste do país

Por: Aroldo, 09/10/2014 14:56
93 Visualizações

Panorama Theme by Themocracy