Bahia recebe mascote da Copa do Mundo de 2014

    119

    O Farol da Barra ganhou um atrativo a mais nesta segunda-feira (24). Ao som do grupo de capoeira Mangangá e da banda de percussão Pracatum, o mascote da Copa do Mundo de 2014, o tatu-bola, representado por um boneco inflável de sete metros de altura, foi apresentado aos soteropolitanos. A solenidade foi acompanhada pelo secretário estadual da Copa, Ney Campello, que representou o governo do Estado da Bahia, o secretário municipal de Planejamento, Oscimar Torres, representando a prefeitura de Salvador, a coordenadora de Marketing da Coca-Cola na Bahia, Dirlene Barros, e o baiano e ex-jogador de futebol, Edílson da Silva Ferreira, um dos embaixadores de Salvador para o Mundial. As autoridades presentes ajudaram na votação para a escolha do nome do tatu-bola.

    As três opções oferecidas pela Fifa são Amijubi, Fuleco e Zuzeco e o resultado será conhecido no dia 25 de novembro. Se depender do ex-jogador da dupla Ba-Vi Edílson, o animal se chamará Zuzeco. O embaixador revelou seu voto e justificou que a sonoridade e escrita simplificam a pronúncia para as crianças. O Farol da Barra é o primeiro local onde o boneco ficará exposto durante um mês. Estão previstas mais duas aparições em outros pontos da capital baiana, que ainda não foram divulgados.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR