Elementos a serviço do PT são presos em flagrante destruindo propaganda de ACM Neto

    58

    Estão detidos na 1ª Delegacia, nos Barris, duas pessoas presas em flagrante depois de jogarem placas do candidato ACM Neto (DEM) no esgoto, nas proximidades do Hospital Aliança, na Avenida Juracy Magalhães Júnior. Ricardo Alves de Jesus, de 29 anos, e Jorge Luís Santos Bonfim, de 44 anos, confessaram que cometeram o crime eleitoral a mando de lideranças ligadas ao candidato do PT, Nelson Pelegrino.

    Os dois informaram que recebiam R$20 por dia para destruir as placas de Neto, que tem sido vítima de uma campanha agressiva desde o início do primeiro turno, inclusive com ações planejadas de vandalismo à propaganda de rua. Neto já solicitou que a Polícia Federal investigasse os ataques à propaganda da coligação “É hora de defender Salvador” (DEM, PSDB, PPS, PV e PTN).

    Os criminosos disseram que agiram a mando de uma liderança conhecida apenas como Mamão, que é do PT. Quando eles estavam carregando as placas de ACM Neto na Juracy Magalhães, foram vistos por uma equipe da campanha do democrata, que logo acionou a polícia. Inicialmente, os dois foram encaminhados à 7ª Delegacia, no Rio Vermelho, só que lá não tinha delegado.

    Ascom DEM-BA

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR