GBarbosa de Cansanção é acusada de desrespeitar direitos do Consumidor

    257

    Comprei um computador na loja GBarbosa de Cansanção, parcelado em 10x no cartão da própria loja, o aparelho chegou 10 dias após a compra, com cinco dias de uso apresentou defeito, voltei a loja e notifiquei o gerente, o mesmo mandou eu ir a uma oficina na cidade onde eles restauravam ou formatava computador, assim fiz: levei em dois técnicos e os dois apontaram o mesmo problema, defeito no HD.

    Voltei à loja e informei que não houve solução, pois os técnicos diagnosticaram que o HD do computador supostamente estaria queimado, pois não estava respondendo e por estar na garantia não poderiam abrir o aparelho.

    O Sr. Jeferson, gerente da loja, mandou-me ligar para o fabricante, eu recusei, pois entendo que não sou eu consumidor que tenho que resolver o problema do produto que me foi vendido com defeito.

    Uma funcionária do GBarbosa conhecida por Gleuba me tratou mal, e disse que eu que tinha que falar com o fabricante, pois sou encrenqueiro e me chamou de brigão.

    Quero salientar que em momento algum entrei em conflito, discussão, ou qualquer tipo de atitude que gerasse esse tratamento. Pedir para falar com o gerente Jeferson, pois estava me sentindo maltratado pela funcionária, quando o mesmo chegou notifiquei o tratamento grosseiro da funcionária, falei que sou cliente da loja desde a sua inauguração nesta cidade e que não merecia ser atendido de tal maneira, o gerente permaneceu calado e ignorou minha reclamação, disse que não podia fazer nada além de me dá o numero do fabricante para eu entrar em contato.

    Foi então que indaguei: “Não sou cliente diretamente do fabricante, mas sim do GBarbosa, quero uma solução para este problema”.

    No Sábado dia 10 de Novembro de 2012 voltei a loja por volta das 11:00 horas, pois o gerente combinou comigo de retornar a loja na referida data para tentar solucionar o problema, fui atendido por Gleuba, segundo a mesma o gerente que estava ausente, para completar a mesma me informou que o gerente havia esquecido que no sábado o fabricante do produto do qual comprei, não tem expediente, pediu para eu retornar na segunda-feira, dia 12 de Novembro, percebi que estão apenas prorrogando os dias para que eu perca meus direitos.

    Quando retornei mais uma vez a loja a funcionária falou ironicamente “você reclamou com o gerente sobre mim? e respondeu: Isso não implica em nada no meu serviço”, e riu de minha cara.

    Confesso que estou revoltado com a falta de respeito do GBarbosa com a minha pessoa, já fui na loja por diversas vezes, sempre é a mesma coisa, sou maltratado, quando sou atendido, o próprio gerente ciente dos maus tratos dela, delega a mesma para me recepcionar, e sempre mandam eu voltar depois.

    Querem a qualquer custo que eu cliente me desloque para a cidade onde tem o fabricante do produto, sabemos que pelo o CDC (Código de Defesa do Consumidor) se trata de um produto durável, onde a lei reza o prazo de 90 dias para reclamação.

    Estou constrangido, me sinto lesado, ofendido, atacaram minha dignidade!

    ESTOU ESCREVENDO A ESTE PORTAL em forma de protesto, contra a loja GBarbosa de Cansanção e seus administradores que estão transferindo um problema da loja para o cliente.

    Leilson Modesto – Cansanção-BA

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR