Justiça multa TV Record Bahia por propaganda ilegal em prol de Pelegrino

    86

    O juiz João Batista Alcântara Filho, da 2ª Zona Eleitoral, multou em R$ 100 mil a TV Record Bahia por propaganda ilegal a favor do candidato a prefeito do PT, Nelson Pelegrino. O magistrado ainda determinou a perda de 10 minutos e 43 segundos no tempo de programa do prefeiturável petista. A coligação É Hora de Defender Salvador, do candidato ACM Neto (DEM), havia denunciado a emissora com a alegação de que a TV exibiu em sua programação somente correligionários e aliados de Pelegrino durante a primeira semana de campanha do segundo turno. (BN)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR