Mulheres fazem protesto contra show da banda New Hit em Feira de Santana

    58

    Mulheres representantes de diversos grupos de Feira de Santana e Salvador que lutam por direitos sociais realizaram uma manifestação na tarde desta sexta-feira (30), no cruzamento da Avenida Getúlio Vagas com a Senhor dos Passos.

    Elas protestaram contra o primeiro show da Banda New Hit, em Feira de Santana, depois que os integrantes, acusados de estuprarem duas garotas em Ruy Barbosa, no dia 26 de agosto, saíram da prisão.

    De acordo com Karla Oliveira, que faz parte do Movimento Levante Popular da Juventude, de Feira de Santana, o objetivo é cancelar o show, como aconteceu em Salvador e reafirmar que o crime não será esquecido ou tolerado. O grupo também reivindica a punição dos músicos.

    Ela informou que no dia 16 de outubro um grupo de mulheres foi a cidade de Guarajuba, onde estava o vocalista da Banda, Eduardo Martins, para desmoralizá-lo.

    O movimento considera o show “uma completa inversão de valores em que, quem comete a violência é consagrado, enquanto quem sofre a violência é relegado ao silêncio e a ter que se esconder para sobreviver”.

    O evento intitulado “New Hit, o Retorto!”, será realizado numa casa de show, na noite desta sexta-feira. Participam da manifestação contra o show os grupos: Marcha Mundial das Mulheres, Levante Popular da Juventude, Coletivo de Mulheres Feira, Movimento de Mulheres Olga Benário, Juventude do PT, Movimento de Organização de Mulheres em Defesa da Cidadania (Mondec), Movimento Organizacional Comunitário (MOC) e o Movimento Negro Unificado (MNU).

    Informações do Acorda Cidade

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR