PIB baiano registra alta de 2,6%; setor de serviços impulsiona crescimento

    91

    O Produto Interno Bruto (PIB) da Bahia cresceu 2,6% no 2º trimestre de 2012 quando comparado com mesmo período do ano anterior. No primeiro semestre de 2012, a economia baiana apontou expansão de 3,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

    A alta é basicamente determinada pelo crescimento no setor de Serviços – com destaque para o comércio varejista – e pelo setor de administração pública, que registrou alta de 2%. Na analogia com o primeiro trimestre de 2012, quando são eliminadas as influências sazonais, o PIB baiano cresceu 0,4%. No ano, o setor de serviços acumulou expansão de 4,7%. Dentre os segmentos da atividade, o destaque maior ficou por conta da expansão no comércio varejista, com incremento de 7,9% no trimestre e 7,2% no ano.

    O setor industrial não foi tão bem quanto os serviços. No segundo trimestre de 2012, a indústria baiana registrou expansão de 0,2% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No ano, o PIB industrial baiano acumula alta de 4%. De acordo com o diretor-geral da SEI, Geraldo Reis, as taxas são “bastante relevantes” quando comparadas às do Brasil. “A taxa de crescimento de 2,6¨% para o segundo trimestre e de 3,6% no acumulado do primeiro semestre consolidam a ideia de um descolamento da economia baiana em relação à atividade econômica nacional”, avalia.

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR