Promotora foi estuprada por três criminosos; dois deles são adolescentes

    116

    A Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) apresentou, na manhã desta quarta-feira (21), em sua sede, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, dois criminosos que integram a quadrilha responsável por sequestrar uma juíza e uma promotora no último dia 15. Bruno Souza dos Santos, 21 anos, e Taís Barbosa da Silva, 19, foram presos no bairro da Boa Vista de São Caetano, na periferia soteropolitana, na noite desta terça (20) em operação que apreendeu ainda dois adolescentes, um de 15 e outro de 16, acusados de integrar o mesmo bando responsável por realizar delitos na Pituba e região.

    Com o grupo foram encontrados celulares, um revólver calibre 38 e munições, bem como tênis, perfumes, relógio e óculos comprados com os cartões de crédito das vítimas. De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, Odair Carneiro, os dois menores foram os autores da abordagem às mulheres, quando elas saíam de um bar. Após entrar no carro das vítimas, os bandidos as obrigaram a pegar o comparsa Bruno em outro ponto e rodar a cidade por 12h para efetuar as compras. Na madrugada, eles liberaram a juíza e levaram a promotora para uma casa na Rodovia Cia-Aeroporto, onde foi estuprada pelos três. Após a prisão, os assaltantes foram reconhecidos pelas mulheres. (BN)

    ....

    Veja Também

    COMPARTILHAR