Após comover o país ao relatar consulta de idosa com câncer, médico nordestino volta a emocionar ao reencontrar paciente

Após comover o país ao relatar a consulta de uma idosa com câncer (Veja Aqui), o médico paraibano João Carlos Resende, que trabalha no Hospital do Câncer de Barretos voltou a viver grandes emoções nos últimos dias reencontrar Dona Socorro.

medico

“Há exato um mês uma visita bagunçou a minha vida e o meu coração. Hoje encontrei o mesmo sorriso na sala de espera. Seu olhar cruzou o meu, me reconheceu e fugiu. Ah, Deus lindo, que não cansa de nos surpreender. Agradeço, através de D. Socorro, as orações que ela ganhou do Brasil inteiro e até de outros países. Agradeço a torcida para que mais do que um corpo se recupere, mas por milhares de almas que foram tocadas e curadas através da história simples dela. Agradeço as milhares de curtidas, comentários, compartilhamentos, mensagens carinhosas e testemunhos de mudança de vida recebidas nesse tempo. Apesar de não conseguir responder a cada uma, transformo-as em oração para que, ainda que o tempo passe e tudo isso seja esquecido, a mensagem permaneça e nos faça mais sensíveis a perceber um Deus que se deixa encontrar ali, sentado num lugar qualquer. Hoje não teve textão nem poesia, mas teve Evangelho vivo, que abraça, que sorri, se emociona e que nos alcança dizendo: “Até que dessa vez o remédio não foi tão ruim!” Ah, Deus! Adeus.” postou o Dr. João Carlos Resende em seu perfil no Facebook.

O médico João Carlos Resende Martins Medeiros Trindade é natural de Campina Grande, na Paraíba, e foi morar no interior de São Paulo em março do ano passado para a residência em oncologia. Sempre gostou de escrever, movido pela leitura e pelo incentivo da mãe, que é revisora ortográfica. Muito ligado aos parentes desde criança, ele convive hoje com a solidão. Mas aposta na missão de ajudar na fragilidade dos pacientes com câncer, em um mundo que “usa a fragilidade das pessoas para o engano, o golpe”. E se apoia em afagos como o de Dona Socorro, o que trouxe um sopro de esperança.