Após denúncias de corrupção, Gaban diz que Rui “não tem condição de manter candidatura”

e10a222a5fe56e76c95aa30915278639“Depois das denúncias da presidente do Instituto Brasil, Dalva Sele, à revista Veja, Rui Costa não tem mais condição ética e moral de manter a sua candidatura ao governo da Bahia, muito menos exercer daqui por diante qualquer cargo público”, afirma o deputado estadual Carlos Gaban (DEM).

O parlamentar democrata lembra que a bancada da oposição na Assembleia Legislativa já denunciara, em 2009, o esquema de desvio de recursos públicos pelo Instituto Brasil em representações feitas ao Ministério Público (MP) e ao Tribunal de Contas do Estado (TCE). “Diante da farta documentação de irregularidades apresentada por nós, o Ministério Público avocou pra si e impetrou ação na Justiça.

Nós, da oposição, também entramos com outro processo, requerendo a indisponibilidade de bens dos envolvidos”, explica Gaban, na expectativa do veredito judicial.