Apresentador do Programa Pânico diz que denúncia contra Bolsonaro é “agressão à inteligência” do eleitor

Nesta sexta-feira (19) no Pânico na Jovem Pan, o apresentador Emílio Surita que sempre aborda temas relacionados a política com um toque de humor, mostrou indignação e ironizou a recente ação movida pelo candidato do PT Fernando Haddad contra Bolsonaro sobre um suposto caixa 2 realizado por empresários através do WhatsApp que teria beneficiado o presidenciável.

Surita revoltou-se com a denuncia de que a vitória de Bolsonaro seria garantida por uma campanha de WhatsApp. Em seu programa deixou clara sua indignação afirmando ser uma “agressão à inteligência” do eleitor. Emílio mostrou antes o cenário que o Brasil está mergulhado: 14 milhões de desempregados, o PT quase todo preso na cadeia e Moro mandando prender um envolvido do PT todo dia.

“É chamar o povo de burro, é chamar o povo de imbecil, é chamar o povo de idiota!” detonou Surita.


....

COMPARTILHAR