Goleiro Bruno é flagrado em farra com mulheres e bebidas na prisão

Após ter sido flagrado com duas mulheres e cerveja em horário de trabalho por uma TV local, o goleiro Bruno teve o direito de trabalho externo suspenso e deve voltar para a prisão de Varginha, em Minas Gerais. Também é possível ver que Bruno tem livre acesso ao celular.

O ex-goleiro cumpre pena em regime fechado e tinha a permissão para sair para trabalhar na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) da cidade. A Secretaria de Administração Prisional (Seap) anunciou que o direito ao trabalho foi suspenso após a reportagem.

Foto reprodução

Em conversas divulgadas pela TV Alterosa, Bruno teria marcado um encontro. “Meu telefone vai descarregar! Mas vamos marcar para amanhã, porque hoje meu dia está cheio!Aqui, quando vier, vai direto para o bar que fica no campo”.

Ele diz que costuma beber cerveja com dois amigos no período da tarde. Ainda de acordo com a suposta troca de mensagens, o goleiro também pede para que tudo fique em segredo. “A esposa não pode saber de nada”. Bruno ainda teria pedido para a mulher levar uma amiga “para o amigo”. “Qualquer coisa, ninguém é de ninguém!”, diz.

Confira as imagens

Bruno Fernandes de Souza foi condenado pela morte da amante Eliza Samudio. No início do mês, a Justiça de Varginha (MG) concedeu ao ex-goleiro a diminuição de 24 dias da sua pena por trabalho, estudo e leitura. Com a remissão da pena, Bruno poderia sair da cadeira e cumprir regime semiaberto desde o último dia 13. A mudança depende do aval do juiz da Vara de Execuções Penais da cidade.

....

COMPARTILHAR