Bolsonaro é internado em hospital de Brasília e aliados prestam solidariedade

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada e foi internado no Hospital das Forças Armadas (HFA) nesta quarta-feira (14). A informação foi informada, sob anonimato, à Folha de S.Paulo por um dos seus ministros.

O presidente teria sido internado após uma crise de soluços que havia durado dias e a equipe médica que atende Bolsonaro avaliou que ele deveria ser internado para realizar alguns exames.

Presidente Jair Bolsonaro / Foto reprodução
Presidente Jair Bolsonaro / Foto reprodução

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação Social informou que Bolsonaro ficará sob observação, no período de 24 a 48 horas, não necessariamente no hospital. “Ele está animado e passa bem”, diz a nota.

Outra fonte do jornal afirmou que a reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19, que estava prevista para o início da manhã, foi cancelada. O STF também divulgou uma nota informando que uma reunião entre os poderes foi suspensa.

“Foi cancelada a reunião entre os presidentes dos poderes Judiciário, Executivo e Legislativo que aconteceria nesta quarta-feira (14). O encontro será oportunamente reagendado”, diz o comunicado.

Recentemente, Bolsonaro falou para os seus apoiadores que estava com uma crise de soluço e disse que, em breve, teria que passar por uma nova cirurgia para corrigir um hérnia, uma das sequelas da facada que recebeu na região abdominal em setembro de 2018.

Aliados prestam solidariedade

Na internet, aliados do presidente aproveitaram para prestar solidariedade e desejar melhoras:

p1
Foto reprodução
p2
Foto reprodução
p3
Foto reprodução
p4
Foto reprodução

Rivais fazem piadas

Já os rivais do presidente aproveitaram para zombar da situação:

b1 1
Foto reprodução
b2 1
Foto reprodução
b3 2
Foto reprodução
b4
Foto reprodução