Candidato a deputado defensor da legalização da maconha é preso fumando droga

marcelo-vaente-preso(1)O candidato a deputado estadual em Brasília, Marcelo Valente, pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), foi preso na noite da última quarta-feira (20) fumando maconha enquanto dirigia pela Estrada Parque Núcleo Bandeirante e portando diversos tipos de drogas.

A abordagem foi realizada por um equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar, companhia cueja a extinção faz parte do programa do candidato a governador Toninho do Psol. De acordo com a assessoria do partido, a legalização de venda e consumo de entorpecentes também é uma das bandeiras defendidas pela chapa.

marcelo-valente-drogas-apreendidasAlém do ato ilícito, Valente ainda portava  oito latinhas com substância esbranquiçada que aparentava ser merla (um subproduto da cocaína), uma porção de substância esverdeada que aparentava ser maconha, três cigarros que aparentavam ser de maconha, uma porção de substância em pó que aparentava ser cocaína, dois isqueiros e um cachimbo artesanal.

O candidato foi conduzido à 27ª Delegacia de Polícia no final da tarde, onde assinou termo circunstanciado por uso e porte de substância entorpecente. Ele foi liberado em seguida.