Candidatura de Paulo Souto ao governo deverá ser anunciada até o dia 31

paulo_soutoUma chapa majoritária de oposição formada pelo ex-governador Paulo Souto (DEM), na condição de candidato à sucessão estadual, João Gualberto (PSDB), candidato a vice e o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PDMB), candidato a senador, está sendo articulada e poderá ser anunciada dentro dos próximos dias.

Considerada é apontada como a “chapa dos sonhos” de partidos de oposição para o enfrentamento direto com a chapa governista que já tem como definições os nomes do secretário estadual Ruy Costa (PT), candidato ao governo e o do também secretário Otto Alencar (PSD), candidato ao senado, dependendo apenas da definição do nome do candidato a vice-governador. De acordo análise do site Política Livre, “ante o risco de as oposições perderem o governo mais uma vez para o PT, Paulo Souto teria preferido encarar o desafio de sua candidatura.

Um outro fator estaria contribuindo para ele aceitar a missão. Há plena convicção, entre as principais lideranças oposicionistas, de que, caso ele não tope ser o candidato, a oposição poderá se dividir entre pelo menos três candidaturas, comprometendo a chance de derrotarem o governo, hipótese em que acreditam com cada vez maior convicção”.