Cansançãoense cria Associação Cultural dos Nordestinos de Araraquara

6e698-img_3460A criação da Associação Cultural dos Nordestinos de Araraquara e Região (ACNAR) foi tema de pronunciamento do Cansançãoense Hélio Borges na Tribuna Popular da Câmara de Araraquara-SP na sessão dessa terça-feira, dia 5.  Ele disse que a entidade foi constituída oficialmente, com registro em cartório e CNPJ, na última quinta-feira, dia 31 de julho, mas que os trabalhos foram iniciados há dois anos com a elaboração do estatuto da ACNAR. “É um projeto social e cultural que considero muito importante devido ao grande contingente de nordestinos em Araraquara e região. Não foi um trabalho fácil, tivemos dificuldades em reunir as pessoas, mas tivemos êxito. Queremos dar a oportunidade do reencontro aos nordestinos. Também sentimos a necessidade de criar uma organização para difundir e preservar a cultura nordestina, as raízes e as origens”, disse.

Hélio destacou a presença no auditório da Câmara de membros da diretora da ACNAR. “Agradeço a essas pessoas que abraçaram esta causa e nosso próximo passo será trabalhar para que a associação, que é sem fins lucrativos, tenha uma sede própria”.

Ele também informou que um dos objetivos da nova entidade é manter intercâmbio com o Nordeste e apoiar os nordestinos que aqui vivem. “Algumas pessoas chegam à região vindas do Nordeste, têm suas expectativas frustradas e acabam ficando em situação de vulnerabilidade. Queremos apoiar essas pessoas seja com qualificação profissional e encaminhamento ao mercado de trabalho, seja para retornarem às origens, caso assim queiram”, disse Hélio.

Por fim, ele convidou a todos para participarem do evento de lançamento da ACNAR no sábado, dia 25 de outubro, a partir das 19 horas, no Centro Internacional de Convenção de Araraquara.

Fonte: Câmara Municipal de Araraquara