Carro com ministro de Bolsonaro é atacado na Bahia por militantes do MST e PCO

Um carro do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio) que transportava o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi atacado nesta quarta-feira (27), em Porto Seguro, Extremo sul da Bahia, por manifestantes que protestavam contra a concessão do Parque Nacional do Pau Brasil a uma empresa privada.

No ataque, realizado por militantes do Partido da Causa Operária (PCO) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), alguns dos quais estavam com facões, o veículo que levava o ministro acabou ficando com o vidro dianteiro quebrado.

csm pco carro ministro 96ddfa61c7
Foto reprodução

Um vídeo e fotos do ataque, no qual estavam cerca de 40 pessoas, muitas delas com bonés do MST e bandeiras do PCO, além de índios pataxós, foram divulgados pelo próprio Salles nas redes sociais. Não houve feridos e ninguém foi preso por conta dos ataques.

Nas redes sociais, Salles escreveu: “Após uma bela e comemorativa agenda de concessão ao setor privado do Parque Nacional do Pau Brasil, em Porto Seguro (BA), fomos cercados e atacados por membros do MST e do PCO, que agrediram as pessoas e depredaram viaturas oficiais do MMA”.

Um dos manifestantes identificados é o engenheiro florestal Renato Farac Galata, que tentou ser candidato a prefeito de Piracicaba (SP) pelo PCO em 2012, mas teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral. No vídeo, ele bate com a mão no capô do carro que levada o ministro e diz: “Golpista, tira foto, desgraçado, tira foto”.

Fonte: Correio24Horas